Jump to content

Conflito armado entre Israel e Palestina


Jotha
 Share

Recommended Posts

O cântico promove o genocídio. O cântico, com 0 mortos causados, promove o genocídio. 

30k mortos (muitas mulheres e crianças), aparentemente não promove nada.

Para haver extermínio deliberado de um povo, a menos que se usem nukes, vai-se, a certa altura, passar por 30k mortos. 

Já se viram N vídeos de extermínio deliberado de gente desse povo.

Mas hey, nada que seja tão promotor com um cântico... 

Link to comment
Share on other sites

engarçade, os ucranianos quererem recuperar as terras colonizadas tá se bem, mas se disserem do Dnipro ao Azov então já equivale ao genocidio dos russos.

viver juntos mas sem ocupação e opressão fica automaticamente inválido se alguem disser nem que seja uma vez do rio ao mar, mesmo que seja o que pensa quando diz que quer ser livre.

Link to comment
Share on other sites

3 hours ago, riks said:
OBSERVADOR.PT

A expressão “do rio até ao mar” devia ser considerada uma bandeira vermelha para quem acredita na dignidade de todos os indivíduos. Não passa de uma forma poética de promoção do genocídio.

@skaazi

@Mini0n

Sou o único com a impressão que há malta da CS a ler o nosso fórum?

É que muitas vezes apanho coisas nas notícias que são publicadas após discussão entre users do fórum.

Link to comment
Share on other sites

Pensava que estávamos aqui todos de boa fé a conversar.  Se é para trollar, ficam com o tópico só para vocês.

10 hours ago, Mini0n said:

O cântico promove o genocídio. O cântico, com 0 mortos causados, promove o genocídio. 

30k mortos (muitas mulheres e crianças), aparentemente não promove nada.

Nunca se falou em 30k promoverem ou não o genocídio, como bem sabes. A discussão aqui há dias foi se de facto havia genocídio ou não. Pensei que tínhamos conseguido concordar que não havia. Aliás, no meu comentário anterior eu até escrevi que o cântico não promove necessariamente genocídio, mas provavelmente sim.

 

10 hours ago, skaazi said:

viver juntos mas sem ocupação e opressão fica automaticamente inválido se alguem disser nem que seja uma vez do rio ao mar, mesmo que seja o que pensa quando diz que quer ser livre.

Sim. Porque tal como escrevi atrás, se qualquer dos países fosse do rio até ao mar ou outro não pode existir. O que eles pensam ou dizem que pensam quando dizem tal coisa é indiferente porque o significado é aquele. 

 

Link to comment
Share on other sites

10 minutes ago, riks said:

Sim. Porque tal como escrevi atrás, se qualquer dos países fosse do rio até ao mar ou outro não pode existir. O que eles pensam ou dizem que pensam quando dizem tal coisa é indiferente porque o significado é aquele. 

mas isso dizes tu e aquele gajo do artigo, quando meteste o artigo do wikipedia disseste que o que lá estava escrito não estava aberto a interpretações, abri o artigo e no 2o paragrafo esta la isto,

Quote

Many Palestinian activists have called it "a call for peace and equality" after decades of Israeli military rule over Palestinians while for Jews it is seen as a call for the "destruction" of Israel.

depois se o teu intuito é dizer que esse "slogan" na verdade é um apelo ao genocidio, a internet é larga que chegue e com opiniões que chegue para meteres cá um artigo por dia que vai no sentido que queres.

Link to comment
Share on other sites

Acho que não percebeste...

Do artigo que puseste, vemos que a canção "from the river to the sea" promove o genocídio.
Do que anteriormente disseste, o extermínio deliberado de dezenas de milhar, não.

Curioso, não? Uma canção que até ver não matou ninguém é promoção de genocídio. A morte deliberada de inocentes, não.

Link to comment
Share on other sites

11 hours ago, riks said:

Palestina livre do rio até ao mar implica limpeza étnica e provavelmente genocídio.

Israel livre do rio até ao mar implica limpeza étnica e provavelmente genocídio.

Penso que já respondi aos dois. 

 

O meu bife com este assunto é mais que tudo o facto de se usar palavras graves (genocídio, fascista,hitler) para tudo o que mexe e depois quando realmente acontecer ( como no Ruanda,na arménia ou nos dias de hoje no norte da china) não termos palavras suficientemente graves para definir o que se passa.

É a velha história do Pedro e do lobo. Um dia vai ser realmente grave e aí ninguém vai ligar porque tudo é genocídio, tudo é Hitler, tudo é fascista e quer acabar com a democracia.

 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Por acaso não costumo usar o termo genocidio que tambem acho um patamar acima do que acontece agora, que é a etapa antes e só não vira para lá, porque contrariamente ao Ruanda, todo o mundo esta a ver e atento.

mas Massacre isso já não duvido muito que o termo já se aplica.

46 minutes ago, riks said:

tudo é fascista e quer acabar com a democracia.

é 50/50 a meias com a esquerdalha que dá cabo do mundo e dos valores.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

WWW.SAPO.PT

O Exército israelita anunciou hoje o resgate de quatro reféns com vida em dois locais do campo de refugiados de Nuseirat, no centro da Faixa de Gaza, onde tem realizado intensos ataques nos últimos dias.

 

 

Link to comment
Share on other sites

ONOVO.SAPO.PT

Primeiro-ministro israelita saudou este sábado a operação que libertou quatro reféns israelitas em Gaza como prova de que Israel “não cede ao terrorismo”.
Quote

...Israel não desistirá até a missão estar cumprida e ter trazido “todos os reféns para casa, os vivos e os mortos”...

até nem calha mal, porque...

WWW.SAPO.PT

O Hamas acusou hoje o exército israelita de ter matado reféns durante a operação no campo de refugiados de Nuseirat, no centro da Faixa de Gaza, onde conseguiu resgatar com vida quatro reféns raptados pelas...

 

Link to comment
Share on other sites

Quote

The Israeli military spokesperson Rear Adm Daniel Hagari confirmed on Saturday that dozens of Palestinians had been killed in the raid. He knew that “under 100” casualties had been reported, but could not say how many were civilians, he told a briefing.

meh, tambem quem é que ainda se dá ao trabalho de contar. na volta foram gajas de veu que se fizeram explodir porque são obrigadas a o usar, não se perde nada no fundo.

Link to comment
Share on other sites

Que são obrigadas a usar o véu isso são... Mas a grande maioria já o usa voluntariamente, porque o profeta e coiso e tal, os infiéis e o catano e o camandro. 

Link to comment
Share on other sites

44 minutes ago, Vasco G said:

Que são obrigadas a usar o véu isso são...

 

45 minutes ago, Vasco G said:

Mas a grande maioria já o usa voluntariamente

jb2iXKvl.jpg

Link to comment
Share on other sites

24.SAPO.PT

A China não fez qualquer movimento para bloquear o acordo e a Rússia absteve-se de permitir que a proposta fosse aprovada....

 

 

Link to comment
Share on other sites

EXECUTIVEDIGEST.SAPO.PT

Demissão de Benny Gantz, ex-ministro da Defesa e rival centrista de Netanyahu, há uma semana, obrigou o primeiro-ministro de Israel a anunciar, este domingo, durante uma reunião governamental, a inten

 

Link to comment
Share on other sites

EXECUTIVEDIGEST.SAPO.PT

O exército israelita tinha conhecimento dos planos do Hamas para atacar o sul de Israel semanas antes de 7 de outubro de 2023, incluindo detalhes sobre o número de reféns que o grupo militante planeav

 

Link to comment
Share on other sites

ya, mas se tivessem tomado ação depois não tinham tanta razão para ir fazer merda no Afeganistão.

 

huh Gaza, queria dizer Gaza!

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share

  • Recently Browsing   0 members

    • No registered users viewing this page.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.