Jump to content

Recommended Posts

Quote

Quibi, o pequeno serviço de streaming que pensa em grande

Quem subscreva até 6 de abril, a data de arranque nos EUA, ganha um mês grátis – e pode ver a nova série de terror de Spielberg no telemóvel

Quase sem se dar por ele, o Quibi está aí. É já a 6 de abril que o serviço de streaming de formatos de curta-duração para dispositivos móveis, engendrado e dirigido por Jeffrey Katzenberg (cofundador, ao lado de David Geffen e Steven Spileberg, da Dreamworks e responsável por êxitos de animação como A Bela e o Monstro, O Rei Leão ou Shrek) e por Meg Whitman, gestora de carreira feita na Dropbox e na Procter & Gamble, será lançado online como concorrente, discreto e alternativo mas a ter em conta, na gigantesca batalha da Peak TV pelo polegar oponente dos consumidores globais.

Não se pode acusar o Quibi de mimetismo: cumprindo as regras canónicas de consumo OTT (Over The Top), a nova plataforma/produtora de conteúdos destina-se apenas a dispositivos móveis (smartphones, tablets e companhia) e só difunde projectos de ficção e séries documentais cujos episódios ou produtos únicos não ultrapassem os dez minutos.

A filosofia de base é fácil de calcular – imagens e histórias curtas para pequenos ecrãs cujos proprietários revelam uma capacidade de atenção que vem diminuindo todos os anos – mas ninguém, até agora, a tinha convertido num serviço ambicioso de produção sistemática carregado de estrelas.

O alvo demográfico privilegia, claro, o público jovem, o que não quer dizer que não haja um pouco de tudo para todos. Com 900 milhões de euros investidos na plataforma por pesos-pesados como a Walt Disney – a capacidade de lobby de Katzenberg é bem conhecida em Hollywood –, a WarnerMedia, a NBCUniversal, a ViacomCBS, a Sony ou o grupo chinês Alibaba, o estreante Quibi anunciou 1ooo milhões de euros de investimento em conteúdos apenas para 2020, num total anual previsto de 175 produtos de entretenimento, correspondentes a 8500 episódios curtos.

(...)

Não se conhecendo ainda os detalhes do lançamento global, o Quibi – o nome é uma abreviatura de "Quick Bites" – estará disponível nos EUA por €4,5 mensais (sem publicidade) ou €7,2 euros (com anúncios), com 90 dias de experiência grátis para os que subscrevam o serviço até 6 de Abril.

https://www.sabado.pt/vida/detalhe/quibi-o-pequeno-servico-de-streaming-que-pensa-em-grande

 

 

 

Trailers com fartura

 

Curiosidade em ver no que é que isto vai dar.

Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.