Jump to content
Sign in to follow this  
invocator

The Downfall: Hitler And The End Of The Third Reic

Recommended Posts

Saiu tb á pouco tempo um livro desse genero lá pos lado do Norte ontem.... :P

Não os pikes :P

Odiei o Paixão de Cristo, começa logo por ser falado em Hebraico... Atrofiei todo :S

E Além disso não gosto da história !

Share this post


Link to post
Share on other sites

«...Ganz considera que a Alemanha já é suficientemente madura para suportar um filme como "Der Untergang". Também segundo Eichinger “esta é a altura certa para este filme”. Cerca de 60 anos depois do fim da II Guerra mundial, o cinema germânico parece pronto para lidar com “o trauma alemão” e esclarecer o período mais negro da sua história. ...»

E acho que 60 anos anos depois o Povo mundial tem que estar pronto para lidar com o fenómeno WW ll e tratá-lo com valor histórico.

Share this post


Link to post
Share on other sites
«...Ganz considera que a Alemanha já é suficientemente madura para suportar um filme como "Der Untergang". Também segundo Eichinger “esta é a altura certa para este filme”. Cerca de 60 anos depois do fim da II Guerra mundial, o cinema germânico parece pronto para lidar com “o trauma alemão” e esclarecer o período mais negro da sua história. ...»

E acho que 60 anos anos depois o Povo mundial tem que estar pronto para lidar com o fenómeno WW ll e tratá-lo com valor histórico.

Leste também a parte em que dizem que Hitler é retratado como uma pessoa amigável que faz festinhas à sua cadela, neste filme procura-se dar um sentido humano a Hitler....

Share this post


Link to post
Share on other sites
Leste também a parte em que dizem que Hitler é retratado como uma pessoa amigável que faz festinhas à sua cadela, neste filme procura-se dar um sentido humano a Hitler....

E também deram um sentido humano a Alexandre "O Grande" (um dos maiores assassinos em massa da história); e também deram um sentido humano a Nero, a Franco; a Staline...

Não querendo enfatizar a questão, até porque ainda não vi o filme, acho que deve ser visto como retrato histórico e nada mais. Acho que ninguém - eu pelo menos não - que veja essa tal cena dele a afagar a cadela diga: Afinal ele até era bonzinho.

Não temos é que retratar estes fascínoras sempre como as bestas que foram, tipo eterna campanha de anti-imagem, porque a visão historica não se contempla com essas exclusividades. É sempre mau cair-se numa facção.

Cumps.

Share this post


Link to post
Share on other sites
E também deram um sentido humano a Alexandre "O Grande" (um dos maiores assassinos em massa da história); e também deram um sentido humano a Nero, a Franco; a Staline...

Não querendo enfatizar a questão, até porque ainda não vi o filme, acho que deve ser visto como retrato histórico e nada mais. Acho que ninguém - eu pelo menos não - que veja essa tal cena dele a afagar a cadela diga: Afinal ele até era bonzinho.

Não temos é que retratar estes fascínoras sempre como as bestas que foram, tipo eterna campanha de anti-imagem, porque a visão historica não se contempla com essas exclusividades. É sempre mau cair-se numa facção.

Cumps.

Assino por baixo ^_^

Share this post


Link to post
Share on other sites
E também deram um sentido humano a Alexandre "O Grande" (um dos maiores assassinos em massa da história); e também deram um sentido humano a Nero, a Franco; a Staline...

Não querendo enfatizar a questão, até porque ainda não vi o filme, acho que deve ser visto como retrato histórico e nada mais. Acho que ninguém - eu pelo menos não - que veja essa tal cena dele a afagar a cadela diga: Afinal ele até era bonzinho.

Não temos é que retratar estes fascínoras sempre como as bestas que foram, tipo eterna campanha de anti-imagem, porque a visão historica não se contempla com essas exclusividades. É sempre mau cair-se numa facção.

Cumps.

Matas uma pessoa e és um assassino. Matas mil e és um genocida. Matas milhões e és um conquistador...

Por acaso o filme está-me a interessar muito. Toda a gente sabe quem foi o homem e o que fez (mandou fazer). Mas não se esqueçam que foi um homem. Tinha sentimentos, gostos, desejos, necessidades, alegrias, tristezas, etc, como qualquer um de nós. Se calhar, este filme mostra-nos essa faceta que é ignorada propositadamente com o intuito de nos mostrar apenas o monstro. Há que ver as duas realidades das coisas sempre...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Matas uma pessoa e és um assassino. Matas mil e és um genocida. Matas milhões e és um conquistador...

Por acaso o filme está-me a interessar muito. Toda a gente sabe quem foi o homem e o que fez (mandou fazer). Mas não se esqueçam que foi um homem. Tinha sentimentos, gostos, desejos, necessidades, alegrias, tristezas, etc, como qualquer um de nós. Se calhar, este filme mostra-nos essa faceta que é ignorada propositadamente com o intuito de nos mostrar apenas o monstro. Há que ver as duas realidades das coisas sempre...

Concordo plenamente ctg. Tal como tds nós por mais "animalescos" que sejamos, somos seres humanos e como tal, temos um conjuntos de caracteristicas que são proprias da nossa raça

Todos sabemos o que ele fez, mas é certo que tinha sentimentos como todos os Homens e se o proposito do filme é esse, então acho mto bem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.