Jump to content

Geteasy deixa 150 lesados em Portugal


Recommended Posts

Quote

 

A empresa GetEasy ficou a dever um milhão de euros a 150 portugueses que apresentaram queixa da empresa por burla junto das autoridades, escreve o Jornal de Notícias.

O negócio da empresa era o do aluguer e venda de geolocalizadores, mas, na verdade, e segundo o Ministério Público, a empresa “alimentava-se à custa do dinheiro dos investidores, adquirentes de pacotes/packs de produtos, sendo que estes, contrariamente ao que era anunciado, não recebiam as remunerações anunciadas, nem tão-pouco o aparelho a que alegadamente teriam direito”.

O esquema foi importado do Brasil pelo principal arguido, Luiz Ribeiro de Pinto, e prometia lucros anuais de 300% aos clientes.

Foram já 150 os portugueses a apresentar queixa nas autoridades devido à burla.

A GetEasy era publicitada por várias figuras públicas, como a socialite norte-americana Paris Hilton.

 

mais um scam 

Link to post
Share on other sites

O esquema da Geteasy já deve ter uns dois anos. Na altura segui a história no Fórum Autohoje. Era quase tão bom como uma boa série. :-.. Infelizmente há pessoas muito inocentes. Burlaram pessoal à grande. 

Link to post
Share on other sites
2 hours ago, fluke87 said:

O esquema da Geteasy já deve ter uns dois anos. Na altura segui a história no Fórum Autohoje. Era quase tão bom como uma boa série. :-.. Infelizmente há pessoas muito inocentes. Burlaram pessoal à grande. 

é mais antigo, em 2014 já se sabia disto

Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.