Jump to content
Spark

Descarrilamento em Santiago de Compostela provocou 79 mortos (atualizado)

Recommended Posts

Um comboio que fazia a ligação entre Madrid e Ferrol, na Galiza, descarrilou, quarta-feira à noite, perto de Santiago de Compostela e provocou dezenas de mortos.

O maquinista do comboio foi constituído arguido pelo juiz de instrução de Santiago de Compostela encarregado do caso, noticia hoje o jornal El País. Segundo o jornal, o condutor do comboio, Francisco José Garzón Amo, foi chamado a prestar declarações como arguido. Depois do acidente, o maquinista manteve comunicações por rádio em que admitiu que ia a uma velocidade muito superior à permitida na curva onde ocorreu o acidente.

De acordo com o jornal "El País", pelo menos 78 pessoas morreram no desastre e mais de 130 ficaram feridas, algumas em estado muito grave. Apenas 111 vítimas estão fora de perigo. Segundo o conselheiro das infraestruturas do Governo Regional da Galiza, os passageiros feridos já foram identificados e não existe qualquer registo de portugueses entre as vítimas. O "El País" noticia que cinco dos feridos estão em coma e entre 15 a 20 encontram-se em estado grave.

O Hospital de Santiago de Compostela pediu entretanto a doacção de sangue para socorrer as vítimas do acidente, que foram também levadas para unidades hopsitalares da Corunha e de Pontevedra.

O comboio transportava 222 passageiros e quatro tripulantes quando descarrilou às 20h45 (19h42 em Portugal Continental), numa zona de curva com velocidade controlada. No momento do acidente o comboio circulava a 190 km/h quando, onde deveria circular, naquela zona, no máximo, a 80 km/h, segundo revelou ao El Mundo o representante do governo da Galiza, Samuel Juarez. Ao fazer a transição da linha de alta velocidade, onde circulava a mais de 200 quilómetros por hora, para a linha convencional, o Alvia não travou o suficiente e duplicou a velocidade permitida, o que terá feito com que, numa curva apertada, algumas carruagens descarrilassem.

Os maquinistas sofreram apenas ferimentos ligeiros. "Vou a 190! Somos humanos, nós somos humanos", comunicou à estação de comboios um dos maquinistas no momento em que se deu o acidente. Ao explicar o que aconteceu, frisou que tinha dores na coluna e nas costas, lembrando os passageiros que iam a bordo. "Espero que não haja mortos porque ficarei com peso na consciência", lamentou.

Abertura de inquérito

A Renfe já ordenou a abertura de um inquérito para apurar as causas do descarrilamento, no entanto, o excesso de velocidade é uma das causas apontadas. De acordo com o "El País", apesar de o troço ser novo e de ter sido adaptado à alta velocidade, o mesmo não aconteceu com o sistema de sinalização. O troço ferrovirário tem um ano de existência e está preparado para receber o TGV.

Este é o primeiro acidente com vítimas mortais numa linha de alta velocidade em Espanha, tendo sido considerado o maior acidente ferroviário dos últimos 40 anos. A situação levou ao cancelamento das festas de Santiago de Compostela, que deveriam começar esta quinta-feira e que costumam atrair todos os anos milhares de pessoas.

A Galiza já decretou sete dias de luto, enquanto o presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy, anunciou hoje três dias de luto nacional. "Hoje vou assinar um decreto a declarar três dias de luto nacional em toda a Espanha, disse Rajoy em conferência de imprensa após visitar o local do acidente, assim como os feridos e as famílias das vítimas.

O rei de Espanha, Juan Carlos, e o príncipe Felipe cancelaram todos os compromissos públicos que tinham agendados para hoje em sinal de luto.

Em declarações à TSF, fonte próxima do ministério dos Negócios Estrangeiros informou que Portugal está disponível para ajudar o país vizinho no que for necessário.

No Brasil, o Papa Francisco já lamentou o sucedido, lembrando que alguns dos passageiros seriam peregrinos a caminho de Santiago de Compostela. Ainda hoje será celebrada uma missa em homenagem às vítimas do desastre.

Video do acidente

Primeiras imagens após o acidente

Edited by Spak

Share this post


Link to post
Share on other sites

ontem à noite tinha ouvido 10, já vai em 78?! :eek:

Bem, o video do descarrilamento...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se era uma zona de 80Km/h, como é que o comboio passou lá ao dobro da velocidade?

É ridículo nos dias de hoje, os comboios não terem sistemas inteligentes que em caso de falha humana, abrandem automaticamente...

Vivemos actualmente o fulgor do desenvolvimento de novas tecnologias e no entanto ao nível da aviação/comboios o desenvolvimento está praticamente estagnado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Concordo, mas pode ter havido alguma falha mecânica ou electrónica.

É melhor esperar pelas conclusões finais antes de atribuir culpas ao maquinista.

Edited by ccrgs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Precisamente. Basta ter falhado algo relacionado com os travões ou aceleração presa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

o gajo ia a abrir dasss

no metro de lisboa se passar x velocidade o sistema trava para abrandar, no comboio deve ter algo parecido

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo o que disseram, circulava em linhas capazes de controlar a velocidade do comboio, sendo que se o mesmo fosse em excesso de velocidade, activariam o sistema de travagem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A ser assim tudo se inclina para falha mecânica ou electrónica.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esta parte da notícia

"Vou a 190! Somos humanos, nós somos humanos", comunicou à estação de comboios um dos maquinistas no momento em que se deu o acidente... "Espero que não haja mortos porque ficarei com peso na consciência", lamentou.


somehow faz-me pensar que há falha humana e não mecânica/eletrónica.

Mas vamos esperar para ver.

Share this post


Link to post
Share on other sites

@ccrgs - Não obrigatoriamente. Mas essa possibilidade pode ganhar aqui algum corpo.

Não se esqueçam que o comboio tinha acabado de sair de uma linha de alta velocidade onde ia a mais de 200 e transitou para uma convencional.

É suposto iniciar o abrandamento bastante antes de entrar na convencional e isso parece que não se verificou, pelo menos não o suficiente. Mesmo que essas linhas tenham o sistema de travagem eletrónico, uma massa daquelas dimensões a mais de 200 não passa para 100 em meia-dúzia de segundos.

Esse sistema, a ter sido acionado, pode ser o que levou o aparelho a reduzir de mais de 200 para os 190 da altura do acidente, apenas.

Edited by Kinas_

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esta a dizer que deu negativo no teste de alcoolemia é bom. Acho o acidente muito estranho, a mais do dobro da velocidade é estranho demais para mim.

Sent from my GT-I9100 using Tapatalk 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se era uma zona de 80Km/h, como é que o comboio passou lá ao dobro da velocidade?

É ridículo nos dias de hoje, os comboios não terem sistemas inteligentes que em caso de falha humana, abrandem automaticamente...

Vivemos actualmente o fulgor do desenvolvimento de novas tecnologias e no entanto ao nível da aviação/comboios o desenvolvimento está praticamente estagnado.

oi? :blink:

Share this post


Link to post
Share on other sites

ACIDENTE NA GALIZA

Ronaldo abandona estágio para doar sangue

Cristiano Ronaldo deixou o estágio do Real Madrid, no sul de França, e deslocou-se à Galiza para doar sangue às vítimas da tragédia de Santiago de Compostela.

Cristiano Ronaldo deslocou-se nesta quinta-feira à Galiza para doar sangue às vítimas do acidente de comboio que provocou, na quarta-feira, pelo menos 80 mortos e 140 feridos.

O capitão da seleção nacional estava no sul de França, no estágio do Real Madrid em Lyon, mas abandonou a concentração, segundo avança o jornal catalão Mundo Deportivo.

O futebolista já tinha reagido à tragédia nas redes sociais: "Foi com grande tristeza que tive conhecimento da notícia do acidente de comboio em Espanha. Estou solidário com as vítimas e peço-vos que ajudem as entidades locais com os feridos."

DN

Edited by loki

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, ele está mesmo a pensar nos feridos. Se é que realmente foi lá.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se era uma zona de 80Km/h, como é que o comboio passou lá ao dobro da velocidade?

É ridículo nos dias de hoje, os comboios não terem sistemas inteligentes que em caso de falha humana, abrandem automaticamente...

Vivemos actualmente o fulgor do desenvolvimento de novas tecnologias e no entanto ao nível da aviação/comboios o desenvolvimento está praticamente estagnado.

oi? :blink:

Desde a 2ª Guerra Mundial que não há praticamente avanços na Aviação/Comboios... tudo o que há são melhorias...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, ele está mesmo a pensar nos feridos. Se é que realmente foi lá.

Foi ele que te confidenciou isso?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, ele está mesmo a pensar nos feridos. Se é que realmente foi lá.

:facepalm:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vocês acreditam mesmo que o Cristiano Ronaldo abandonou o estágio do Real Madrid para ir dar sangue à Galiza? Mesmo? E viram a notícia do Mundo Desportivo espanhol, com uma foto dele a tirar sangue que em nada é actual?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.