Jump to content
Sign in to follow this  
GODfromage

Three perfect days in Braga

Recommended Posts

Não havia aí um espaço dedicado à promoção das localidades?

Para quem quiser passar uns dias por esta cidade, aqui tem algumas sugestões. Curiosamente não foram ao Sameiro, nem fazem qualquer referência ao mesmo.

Link do Dallas News

O artigo. A minha opinião é que quem cá vier ignore as sugestões de alojamento (ok, o pop hostel serve, mas o Ibis fica ao lado e é + barato) e os locais de refeição.

BRAGA, Portugal — Home to almost four dozen churches, the baroque town of Braga can’t seem to get past its reputation as an ecclesiastical city. Yet Braga, which held the title of 2012 European Capital of Youth, successfully combines its ancient origins with the appeal of a modern, vibrant city. Rather than the typical day trip from Porto, one hour away, a three-day visit makes for an intimate, eye-opening experience.

DAY 1

Museu dos Biscainhos: While the exhibits of hand-embroidered Arraiolos carpets, Portuguese watches and Dutch Delft porcelain are certainly noteworthy in this centuries-old manor house, it’s the surrounding baroque gardens, snuggled behind fortresslike walls and flecked with rosebushes, orange trees and cypress, that may be the most seductive.

Contact; museus.bragadigital.pt/Biscainhos

Museu da Imagem: Dedicated to contemporary photography, this museum blends the old and the new, with exhibitions held both in the airy 19th-century building as well as a 14th-century stone tower that was part of the original city wall.

Contact: www.cm-braga.pt/wps/portal/public_en

Spirito Cupcakes & Coffee: The often young crowds that flock to the comfy couches and daybeds on the outdoor patio come for the cream-swirled cupcakes in red velvet, Oreo, cheesecake and other tempting flavors, as well as the gingerbread latte and raspberry mocha.

Contact: spiritocupcakes.com

Quatorze: By day, this bilevel space is a by-appointment art gallery, where the first floor exhibits photos, paintings and drawings by emerging Portuguese artists. By night, it transforms into a bar with an ever-changing array of live music that varies by the day. Thursday, for example, is bossa nova and jazz, while weekends often host techno and DJ-driven music.

Contact: facebook.com/barquatorze

Livraria Mavy Café Snack & Bar Galeria: With so much in Braga all about repurposing, it’s no wonder a 19th-century bookstore recently reopened as a coffee shop-bar along a popular pedestrian street. Original pages from some of the inventory cover the walls, and books are scattered about the tables and cabinets. Here, patrons listen to indie rock music while sipping a warm Portuguese brandy with honey, along with a traditional dessert, such as the egg-based pastel de nata.

Contact: facebook.com/livrariamavy

DAY 2

Bom Jesus do Monte: From the base, a baroque staircase zigzags its way to the top where a neoclassical whitewashed church is perched. The 570 steps attract fitness enthusiasts, dog walkers and others who come for the panoramic views. Six stone chapels on different levels depict the Passion of Christ through terra-cotta statues. Brilliant gardens spread along the summit expanse where there’s a natural grotto, a terrace cafe and a lake ringed by lawns that are perfect for a picnic.

Contact: estanciadobomjesus.com

Monastery de Tibães: A short taxi ride from the city center, this Benedictine monastery is a treasure with elaborate woodwork, a grand baroque organ and stunning tilework (azulejos). In keeping with its long history in the arts — formerly an epicenter for carvers, gilders and architects — the monastery now holds contemporary art exhibitions in a barrel-roofed room where niches with window seats once served as spots for meditation. Visitors can spend some reflective time in arcaded cloisters with blooming flowers and in the expansive monastic gardens.

Contact: mosteirodetibaes.org

Galeria Mario Sequeira: Not far from the monastery, the two adjacent buildings of this gallery are worlds apart architecturally. The original art space is set in a transformed olive oil repository on the lower level of the owner’s house. Next door, a blindingly white modernist structure is rimmed by a grassy knoll, making it, curiously, not so easy to spot as visitors stroll about. Dedicated to contemporary art, particularly young artists, the gallery also exhibits works by Rui Chafes, Richard Long and others in an open-air sculpture garden.

Contact: mariosequeira.com

Taberna Subura: The locals can be found playing chess, cards and dominoes at this informal cafe and bar that often has live ’70s Portuguese pop music. The decor reflects a love of Zeca Afonso, Portugal’s Bob Dylan, as well as Rome, given that the former owners were archaeology students. One of their specialties is Roman wine, a mulled beverage with honey and spices.

Contact: tabernasubura.blogspot.com

DAY 3

Livraria Centésima Página: This bookstore regularly holds author events and is all about providing a well-rounded cultural experience. A glassed-in atrium coffee shop sells Portuguese gourmet goods. The adjacent cafe is decorated with a regularly changing installation of contemporary art from around the world. The backyard garden, lush with foliage and peppered with shaded tables, makes for a perfect locale for an afternoon respite or, depending on the day, a venue for concerts or kid’s theater.

Contact: centesima.com

Casa dos Coimbras: This 16th-century mansion serves as a bar and art gallery where the paintings and photographs are displayed in corridors and rooms with Manueline detailing.

Contact: facebook.com/FredericoSeq

Museu Nogueira da Silva: Entrepreneur Nogueira da Silva accumulated a wealth of art and antiques that bedeck the ornate rooms in his former house-turned-eponymous museum.

In the rear, a French-inspired garden is flecked with statuary from da Silva’s collections, including the sculptures of Alberto Peixoto.

Contact: www.mns.uminho.pt

Jardim de Santa Bárbara: Behind the Archbishop’s Palace is a manicured garden landscaped with cedar topiaries, pansies, roses and beds of sculpted boxwood. Scattered about are the ruins of arches that remain from the palace’s medieval arcade as well as ancient capitals and coats of arms.

Contact: www.cm-braga.pt

Jeanine Barone is a freelance writer in New York.

The churches of Braga

Aside from Bom Jesus do Monte and Monastery de Tibães, these five are also notable:

Sé de Braga, Rua do Cabido

Portugal’s oldest cathedral is graced with numerous treasures, from the elegantly carved wooden choir stalls to the richly embroidered vestments on display in the museum.

Igreja de São Vicente, Rua de São Vicente

The life and martyrdom of St. Vincent are depicted on azulejos that adorn the walls in the church’s nave and chancel.

Chapel Tree of Life, Largo de São Tiago

Nestled within the St. James Seminary stands this curvy, innovative chapel that resembles a minimalist hut.

Igreja de São Víctor, Rua de São Victor

With its gilded pulpits and balconies, and tile-coated interior painted by the renowned Spaniard artist Gabriel del Barco, this church is considered a fine work of art.

Igreja de Santa Cruz, Largo Carlos Amarante

An intricate gilded organ and pulpit are two of the renowned features in this 17th-century baroque church that’s carved of granite.

When you go

DINING

Restaurante Brac: brac.com.pt. Built around medieval and Roman ruins, the restaurant serves modern cuisine, such as prawns in curry or octopus carpaccio with olive vinaigrette, that relies on traditional Portuguese ingredients. $40

Anjo Verde: anjoverde.com. This vegetarian restaurant decorated with Asian accents offers a petite menu of flavorful, filling options, such as mushroom empanadas and a spinach quiche along with a tart lemon meringue pie. $20

ACCOMMODATIONS

Braga Pop Hostel: bragapophostel.blogspot.com. Helena Gomes, owner of Braga’s first hostel, shares her insider city knowledge with anyone of any age who occupies these bright, airy quarters that include one private room and a sunny terrace to socialize. $21 (dorm), $53 (couple’s room), both with breakfast

Meliã Braga Hotel & Spa: www.meliabraga.com/en. Ultra contemporary design elements suffuse every aspect of this brilliant, whitewashed, 182-room hotel that’s several miles from the city center. From $96

SHOPPING

Mercado da Saudade: facebook.com/Mercado

dasaudade. This shop sells quality Portuguese-made goods, including stylish paper, Laga bags, cork belts, handmade soaps and bitter orange jams.

UNA Concept Store: facebook.com/pages/UNA-

concept-store/

141422895935727. Three young creatives stock the shelves with their products and those of their friends, which might include a whimsical doll with a giant 3-D heart, custom pillows emblazoned with photos and felted iPhone covers.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para começar, a taberna belga onde se serve a melhor francesinha do país... Sent from my LG-P500 using Tapatalk 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Assim de repente não sei, mas referia-me mais ao preços aí apresentados.

Há outro vegetariano em braga (sempre cheio de mulheres que é um regalo para os olhos) com preços mais em conta, pertíssimo do centro da cidade.

Depois tens desde aqueles restaurantes escondidos, mas onde se come bem e barato os pratos "banais" que comes em casa, até aos referência por terem especialidades que são marca da cidade como o bacalhau à narcisa.

Depende sempre da tua localização para dar sugestões, mas por exemplo no centro acho que a Taberna Velhos Tempos (em frente ao pop hostel/ibis) é um sítio porreiro. Duas pessoas com entrada, prato e sobremesa fica por €25 (da última vez que lá fui não tinham MB, mas deixam sair a porta e ir levantar dinheiro como se nada fosse. LOL).

Ainda pelo centro o mini sport é um caso estranho, onde quem passa à porta não acha que seja boa opção, mas quem lá vai uma vez não pensa duas vezes sobre voltar.

Para Francesinhas tens além da taberna belga, as do Zero (quem não gosta de molho tingido de vermelho não deve gostar daquelas), Manjar das Francesinhas, Real Taberna, etc.

Para italianos o Papiloni deve ter a melhor relação qualidade preço.

Para bacalhau o bacalhau à narcisa (perto do cemitério da cidade) ou o City-Rio (na zona da grundig).

Também tens sítios refinados, mas não acho que essa seja a identidade da cidade na hora de comer bem.

Também posso mandar: há um pequeno de que gosto muito que é o Abade de Priscos.

LOL, queres uma boa notícia ou uma má notícia?

A boa é que já estiveste praticamente à minha porta a má é que já não existe mais. Aliás, o user fallen_angel que andou pelo fórum há uns anos e carregava a secção de receitas com receitas era o filho dos donos.

Como o mundo é pequeno.

Para começar, a taberna belga onde se serve a melhor francesinha do país... Sent from my LG-P500 using Tapatalk 2

Efectivamente quem lá vai costuma gostar apesar de ser um pouco mais cara do que na concorrência.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Assim de repente não sei, mas referia-me mais ao preços aí apresentados.

Há outro vegetariano em braga (sempre cheio de mulheres que é um regalo para os olhos) com preços mais em conta, pertíssimo do centro da cidade.

Depois tens desde aqueles restaurantes escondidos, mas onde se come bem e barato os pratos "banais" que comes em casa, até aos referência por terem especialidades que são marca da cidade como o bacalhau à narcisa.

Depende sempre da tua localização para dar sugestões, mas por exemplo no centro acho que a Taberna Velhos Tempos (em frente ao pop hostel/ibis) é um sítio porreiro. Duas pessoas com entrada, prato e sobremesa fica por €25 (da última vez que lá fui não tinham MB, mas deixam sair a porta e ir levantar dinheiro como se nada fosse. LOL).

Ainda pelo centro o mini sport é um caso estranho, onde quem passa à porta não acha que seja boa opção, mas quem lá vai uma vez não pensa duas vezes sobre voltar.

Para Francesinhas tens além da taberna belga, as do Zero (quem não gosta de molho tingido de vermelho não deve gostar daquelas), Manjar das Francesinhas, Real Taberna, etc.

Para italianos o Papiloni deve ter a melhor relação qualidade preço.

Para bacalhau o bacalhau à narcisa (perto do cemitério da cidade) ou o City-Rio (na zona da grundig).

Também tens sítios refinados, mas não acho que essa seja a identidade da cidade na hora de comer bem.

Também posso mandar: há um pequeno de que gosto muito que é o Abade de Priscos.

LOL, queres uma boa notícia ou uma má notícia?

A boa é que já estiveste praticamente à minha porta a má é que já não existe mais. Aliás, o user fallen_angel que andou pelo fórum há uns anos e carregava a secção de receitas com receitas era o filho dos donos.

Como o mundo é pequeno.

>

Para começar, a taberna belga onde se serve a melhor francesinha do país... Sent from my LG-P500 using Tapatalk 2

Efectivamente quem lá vai costuma gostar apesar de ser um pouco mais cara do que na concorrência.

Anjo Verde

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os restaurantes que costumo ir (e que recomendo) são os seguintes:

Taberna do Félix (comida tradicional)

Taberna inglesa (bifes e francesinha)

Taberna Belga (francesinha)

Papilloni (comida italiana)

Mercado das Tapas

Hocho (sushi)

Casa Alves (tradicional mas mais actual)

Dona Júlia (tradicional)

053 (snack-bar, diárias, francesinhas)

Para já são os que me lembro.



Ps: Há ainda o Forever (francesinhas - grande concorrente da Taberna Belga)



Assim de repente não sei, mas referia-me mais ao preços aí apresentados.

Há outro vegetariano em braga (sempre cheio de mulheres que é um regalo para os olhos) com preços mais em conta, pertíssimo do centro da cidade.

Depois tens desde aqueles restaurantes escondidos, mas onde se come bem e barato os pratos "banais" que comes em casa, até aos referência por terem especialidades que são marca da cidade como o bacalhau à narcisa.

Depende sempre da tua localização para dar sugestões, mas por exemplo no centro acho que a Taberna Velhos Tempos (em frente ao pop hostel/ibis) é um sítio porreiro. Duas pessoas com entrada, prato e sobremesa fica por €25 (da última vez que lá fui não tinham MB, mas deixam sair a porta e ir levantar dinheiro como se nada fosse. LOL).

Ainda pelo centro o mini sport é um caso estranho, onde quem passa à porta não acha que seja boa opção, mas quem lá vai uma vez não pensa duas vezes sobre voltar.

Para Francesinhas tens além da taberna belga, as do Zero (quem não gosta de molho tingido de vermelho não deve gostar daquelas), Manjar das Francesinhas, Real Taberna, etc.

Para italianos o Papiloni deve ter a melhor relação qualidade preço.

Para bacalhau o bacalhau à narcisa (perto do cemitério da cidade) ou o City-Rio (na zona da grundig).

Também tens sítios refinados, mas não acho que essa seja a identidade da cidade na hora de comer bem.

Também posso mandar: há um pequeno de que gosto muito que é o Abade de Priscos.

LOL, queres uma boa notícia ou uma má notícia?

A boa é que já estiveste praticamente à minha porta a má é que já não existe mais. Aliás, o user fallen_angel que andou pelo fórum há uns anos e carregava a secção de receitas com receitas era o filho dos donos.

Como o mundo é pequeno.

>>>>

Para começar, a taberna belga onde se serve a melhor francesinha do país... Sent from my LG-P500 using Tapatalk 2

Efectivamente quem lá vai costuma gostar apesar de ser um pouco mais cara do que na concorrência.

Não é assim tão cara quanto isso. Aliás, no projecto francesinha, http://www.projectofrancesinha.com/?p=1375, é denominada francesinha low cost e conseguiu a 11.ª posição (injusta para mim porque deveria estar mais acima) num top dominado por francesinhas portuenses. E, do que me recordo, a do Forever deve andar pelo mesmo preço ou sensivelmente acima.

Edited by alfa20

Share this post


Link to post
Share on other sites

@archie: esse anjo verde é o vegetariano sugerido na reportagem. O outro é bem mais perto do centro, porque fica a minuto e meio a pé da avenida central.

Gosto Superior

@alfa: tal como diz um dos comentários nessa avaliação, também acho que as francesinhas da taberna estão a encolher.

O hosho consta ser caro até dizer chega.

Edited by GODfromage

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.