Jump to content
Sign in to follow this  
loki

Gastar 4500 euros para ter trabalho no Canadá

Recommended Posts

Gastar 4500 euros para ter trabalho no Canadá

Empresa de recrutamento exige pagamento da assessoria para selecionar 400 operários da construção, mas não garante emprego.

O "Jornal de Notícias" escreve que centenas de desempregados da construção civil ficaram dececionados ao saber que têm de investir 5500 dólares (4500 euros), além de outras despesas, para obterem autorização de entrada no Canadá onde há oferta de trabalho. O Sindicato da Construção de Portugal, que estabeleceu os contactos entre uma agência de recrutamento de pessoal e os trabalhadores, já se apressou a demarcar-se.

Nas sessões da apresentação das condições oferecidas pela agência Prolegal, que se diz especializada em assessoria de imigração, os candidatos ficaram logo a perceber que, afinal, não havia garantias de trabalho, uma vez que a agência deixou bem claro que o seu negócio "não era empregar pessoas, mas selecionar 400 operários para 15 empresas canadianas".

"A pessoa tem de investir dois ou três mil dólares antes de começar a ganhar dinheiro, mas vai receber um salário bom, cerca de mil dólares limpos", afirmou ao jornal um dos responsáveis da agência. Ora, o investimento, em prestações, implica que o operário invista 1500 dólares ao assinar o contrato de serviços a prestar pela agência, e quatro mil dólares em quatro prestações mensais, em cheques pré-datados, após os primeiros 30 dias de trabalho naquele país. isto é, 3500 euros e despesas diversas, condições que não agradaram às centenas de operários desempregados que foram saber as condições apresentadas.

Diário de Notícias

reportagem da SIC

Incrível que estes gajos andam a correr o país e ainda não foram presos... facepalm.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Presos? Pq?

Também gostava de saber porquê!

A única coisa que me pareceu mal foi os 1000 dólares (800€), é praticamente o salário mínimo do Canadá.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Presos? Pq?

Presos? Pq?

Também gostava de saber porquê!

A única coisa que me pareceu mal foi os 1000 dólares (800€), é praticamente o salário mínimo do Canadá.

Por que são burlões. É por isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

yap burlões há grande, e alem disso o salário que eles prometem de 5000 dólares é treta, tenho família, amigos... e os únicos que ganham 5000 dólares são chefes de equipa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

yap burlões há grande, e alem disso o salário que eles prometem de 5000 dólares é treta, tenho família, amigos... e os únicos que ganham 5000 dólares são chefes de equipa.

Onde é que eles prometem 5000 dólares?

Do meu ponto de vista não se trata de burla nenhuma, se fosse eles prometiam trabalho e depois a notícia seria com os trabalhadores já no Canadá no desemprego... eles apenas prometem legalizar os trabalhadores para poderem trabalhar no Canadá e que os põem em contacto com empresas que precisam de mão de obra. Se tiverem trabalho tudo bem, senão tiverem já estão legalizados podem ir procurar outra coisa.

Até pode ser burla, mas em lado nenhum da notícia aponta para isso, aliás, eles até dizem logo de início como é que as coisas são, aceita quem quer!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não deixa de ser uma burla, as pessoas podem ir pelo seu próprio pé procurar emprego lá fora. Não precisam de chulos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

yap burlões há grande, e alem disso o salário que eles prometem de 5000 dólares é treta, tenho família, amigos... e os únicos que ganham 5000 dólares são chefes de equipa.

Onde é que eles prometem 5000 dólares?

Do meu ponto de vista não se trata de burla nenhuma, se fosse eles prometiam trabalho e depois a notícia seria com os trabalhadores já no Canadá no desemprego... eles apenas prometem legalizar os trabalhadores para poderem trabalhar no Canadá e que os põem em contacto com empresas que precisam de mão de obra. Se tiverem trabalho tudo bem, senão tiverem já estão legalizados podem ir procurar outra coisa.

Até pode ser burla, mas em lado nenhum da notícia aponta para isso, aliás, eles até dizem logo de início como é que as coisas são, aceita quem quer!

sim eu lembro me de ver uma noticia em que diziam que pagavam 10x mais que o salário mínimo em portugal

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não deixa de ser uma burla, as pessoas podem ir pelo seu próprio pé procurar emprego lá fora. Não precisam de chulos.

Então todas as empresas que apresentam serviços pagos para coisas que as pessoas podiam fazer sozinhas, são uns chulos?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas isto é burla onde??? Burla era se pedissem esse dinheiro e garantissem emprego para depois não arranjar nada...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Claro que não é burla no sentido legal da coisa.

Se virmos de uma perspectiva meramente moral é mais um aproveitamento do desespero alheio.

Edited by ccrgs
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas isto é burla onde??? Burla era se pedissem esse dinheiro e garantissem emprego para depois não arranjar nada...

Claro que não é burla no sentido legal da coisa.

Se virmos de uma perspectiva meramente moral é mais um aproveitamento do desespero alheio.

Concordo plenamente!

Share this post


Link to post
Share on other sites

E chegou mesmo o dia em que um gajo tem que pagar para trabalhar...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.