Jump to content

Estripador de Lisboa confessa-se ao SOL


albator
 Share

Recommended Posts

ng1162917_435x190.jpg?type=big

Uma investigação de Felícia Cabrita permitiu descobrir aquele que se presume ser o chamado 'estripador de Lisboa', um assassino em série que em 1992 e 1993 matou três mulheres na capital. É dos casos que a Polícia Judiciária nunca conseguiu desvendar.

Um mistério com 20 anos

Trata-se de José Guedes, de 46 anos, na altura operário da construção civil e hoje desempregado, que habita em Matosinhos. Em resultado desta investigação, levada a cabo pela jornalista Felícia Cabrita, o suspeito foi detido há uma semana pela Polícia Judiciária, tendo ficado preso preventivamente por ordem do juiz de instrução, não pela prática desses crimes, que já se encontram prescritos, mas por ter ameaçado, numa mensagem telefónica, voltar a matar. Guedes declarou-se ainda ao SOL responsável pelo assassínio de mulheres na Alemanha, onde foi emigrante, e de uma outra em Aveiro, crime este ainda não prescrito.

A investigação do SOL inclui longas conversas com José Guedes. Nestas, este não só admitiu a prática desses crimes, revelando pormenores que não foram então divulgados publicamente e que o SOL confirmou junto das autoridades policiais, como revelou ainda o presumível assassínio de outras prostitutas tanto na Alemanha, onde foi emigrante em 1994, como em

Aveiro, no ano de 2000.

Embora os crimes do estripador de Lisboa, cometidos em Julho de 1992 e em Janeiro e Março do ano seguinte, tenham prescrito ao fim de 15 anos, o de Aveiro ainda pode ser judicialmente imputável a um suspeito, encontrando-se as autoridades policiais desta cidade a investigar o caso, depois de terem detido José Guedes na quarta-feira da semana passada. A detenção, que resultou da investigação desencadeada pelo SOL, deveu-se ao facto que o suspeito ter anunciado em SMS que voltaria a matar nessa mesma semana, tendo a Polícia Judiciária actuado na convicção de que poderia estar assim a evitar a prática de um novo assassínio.

http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=35210

Link to comment
Share on other sites

A entrevista da Felicia Cabrita ao gajo foi feita num café a poucos metros de minha casa. (Flying café junto à fonte luminosa, quem conhecer Matosinhos sabe onde é.)

Eu pessoalmente já passei centenas de vezes por esse personagemunsure.png

Edited by ccrgs
Link to comment
Share on other sites

Mas será mesmo? Ou será antes uma ganda maluco à procura de protagonismo? Toda essa história me parece muito mal contada.

Isso só com perícia psicológica. Ele parece maluco, mas também tem um grande à vontade com pormenores mais macabros.

Link to comment
Share on other sites

isto realmente, é uma vergonha a todos os niveis.

Na justiça, crimes muito graves (homicídio) prescreverem passados 15 anos mellow.png

E na investigação policial, tb n fica bem na fotografia, já que uma investigação jornalística resolveu em poucos meses um crime com uma série de anos ...

Link to comment
Share on other sites

Estripador caçado por 'segredo' do filho

Concurso da TVI foi ponto de partida para deter suspeito de mortes de três prostitutas de Lisboa em 1992 e 1993. Crimes prescreveram, mas está preso por matar mulher em Aveiro, há 11 anos

"Conheço o 'estripador de Lisboa' e ele é da minha família". Este "segredo", apresentado como trunfo por um candidato à "Casa dos segredos", da TVI, pôs fim a quase 20 anos de mistério sobre mortes bárbaras de prostitutas. O suspeito foi denunciado pelo próprio filho.

Não poderia ter sido mais fortuita, após anos de investigações infrutíferas, a forma como a Polícia Judiciária (PJ) chegou ao alegado responsável pelos assassinatos de três prostitutas em Lisboa e uma em Esgueira (Aveiro).

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa do JN

in JN

Casa dos Segredos delivers smile.png

Link to comment
Share on other sites

Estripador caçado por 'segredo' do filho

Concurso da TVI foi ponto de partida para deter suspeito de mortes de três prostitutas de Lisboa em 1992 e 1993. Crimes prescreveram, mas está preso por matar mulher em Aveiro, há 11 anos

"Conheço o 'estripador de Lisboa' e ele é da minha família". Este "segredo", apresentado como trunfo por um candidato à "Casa dos segredos", da TVI, pôs fim a quase 20 anos de mistério sobre mortes bárbaras de prostitutas. O suspeito foi denunciado pelo próprio filho.

Não poderia ter sido mais fortuita, após anos de investigações infrutíferas, a forma como a Polícia Judiciária (PJ) chegou ao alegado responsável pelos assassinatos de três prostitutas em Lisboa e uma em Esgueira (Aveiro).

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa do JN

in JN

Casa dos Segredos delivers smile.png

rotfl.gif

Link to comment
Share on other sites

Estripador caçado por 'segredo' do filho

Concurso da TVI foi ponto de partida para deter suspeito de mortes de três prostitutas de Lisboa em 1992 e 1993. Crimes prescreveram, mas está preso por matar mulher em Aveiro, há 11 anos

"Conheço o 'estripador de Lisboa' e ele é da minha família". Este "segredo", apresentado como trunfo por um candidato à "Casa dos segredos", da TVI, pôs fim a quase 20 anos de mistério sobre mortes bárbaras de prostitutas. O suspeito foi denunciado pelo próprio filho.

Não poderia ter sido mais fortuita, após anos de investigações infrutíferas, a forma como a Polícia Judiciária (PJ) chegou ao alegado responsável pelos assassinatos de três prostitutas em Lisboa e uma em Esgueira (Aveiro).

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa do JN

in JN

Casa dos Segredos delivers smile.png

:lol: :facepalm:

Link to comment
Share on other sites

Que personagem, já passei muitas vezes por ele, um facto que me arrepiou é que ele é vizinho de uma tia minha. Mas também onde ele vive não se habilita a fazer asneiras porque pode muito bem ser ele a estar na ponta de uma faca. Um dos cafés realmente é esse Flying o outro é o Panorama perto da Câmara de Matosinhos.

Link to comment
Share on other sites

Estripador espancado na cadeia

José Guedes levou hoje uma sova de outros presos na cadeia de Aveiro, depois de se gabar dos crimes cometidos em Lisboa.Na sequência da agressão, José Pedro Guedes ficou com uma costela fracturada.

Quando foi preso, na semana passada, José Guedes manteve-se calmo e frio, nada tendo confessado à Polícia Judiciária e ao juiz de instrução. Mas hoje, na sala de convívio da cadeia, quando estava a ver com outros presos as reportagens das televisões sobre o estripador de Lisboa e os vídeos com as confissões que fez ao SOL, José Guedes vangloriou-se dos crimes. Os outros presos reagiram de forma violenta e deram-lhe uma sova.

O director da cadeia decidiu, entretanto, pô-lo na ala de segurança, reservada aos presos por crimes violentos, de homicídio e violação.

felicia.cabrita@sol.pt

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share

  • Recently Browsing   0 members

    • No registered users viewing this page.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.