Jump to content
CMC_PUBLIKUM

Pagou Para Lhe Destruírem O Lamborghini À Martelada

Recommended Posts

Um empresário chinês, proprietário de um Lamborghini Gallardo adquirido em segunda mão com vários problemas mecânicos, decidiu contratar alguns trabalhadores para lhe destruírem o carro à martelada, como forma de exibir o seu descontentamento com a assistência da Lamborghini.

O exemplar do desportivo italiano foi destruído em público, junto a um mercado de materiais de construção em Qingdao, na província chinesa de Shandong. Em torno do carro e dos operários juntou-se uma multidão que não deixou de tirar fotografias e gravar a insólita cena.

De acordo com a imprensa local, o empresário tinha comprado o Lamborghini preto em segunda-mão em Outubro de 2010 e, desde então, o carro tinha registado um sem número de problemas mecânicos que a marca nunca resolveu, enfurecendo o proprietário do carro, que decidiu mostrar a sua indignação pagando a um grupo de trabalhadores para lhe destruírem aquele que poderia ser o carro dos sonhos de muita gente.

Equipado com um motor V10 de 520cv de potência, o Lamborghini Gallardo anuncia números de sonho, como os 3,9 segundos necessários para alcançar os 100 km/h e os 320 km/h de velocidade máxima.

Estes chinocas é que batem mal. :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

A verdade é que casos de Lamborghinis a dar chatices é o que não falta.

Edited by HERiTAGE

Share this post


Link to post
Share on other sites

Porra,que trabalhadores mais maricas. Se eu tivesse uma marreta na mão e a ser pago para dar cabo do carro, não estava ali a fazer-lhe festas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

pacificos !!!??... foda-*se eu nem com uma pena conseguia fazer isto a um LAMBO ... :crying: :crying: :crying: :crying: :crying: :crying: :crying: :crying:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Porra,que trabalhadores mais maricas. Se eu tivesse uma marreta na mão e a ser pago para dar cabo do carro, não estava ali a fazer-lhe festas.

Numa situação destas, provavelmente iria querer-me destacar o menos possível, não fosse o patrão ficar com a impressão que havia ali entusiasmo a mais.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Porra,que trabalhadores mais maricas. Se eu tivesse uma marreta na mão e a ser pago para dar cabo do carro, não estava ali a fazer-lhe festas.

Numa situação destas, provavelmente iria querer-me destacar o menos possível, não fosse o patrão ficar com a impressão que havia ali entusiasmo a mais.

Acho que o teu patrao ficava contente com o teu entusiasmo por estares a fazer o teu trabalho.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Repost, está no tópico das notícias bizarras.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.