Jump to content
Sign in to follow this  
Sem_Identidade

Ditadura Disfarçada

Recommended Posts

Foi com profunda repulsa que li esta notícia na Bola (nada tem a ver com desporto, mas por acaso li lá, nas notícis do país):

O jornalista Mário Crespo não vai mais escrever a sua coluna de opinião para o Jornal de Notícias (JN).

De acordo com o Jornal de Negócios, a ruptura deu-se depois de o jornalista ter sido informado pelo director do jornal, José Leite Pereira, à meia-noite, de que o seu texto não sairia hoje na publicação.

A crónica em causa fazia referência a conversas mantidas entre José Sócrates, o ministro da Presidência, Silva Pereira, o ministro dos Assuntos Parlamentares, Jorge Lacão e um executivo de media que referiam Mário Crespo como «mais um problema a resolver».

O texto, que acabou por ser publicado no site do Instituto Francisco Sá Carneiro, faz ainda duras críticas ao poder do governo sobre os media.

O jornalista adiantou que no próximo dia 11 a editora Aletheia, de Zita Seabra, irá publicar um livro intitulado “A Última Crónica”, que arrancará com o texto na origem da polémica. O livro vai conter, ainda, outras crónicas publicadas pelo autor no JN e no Expresso.

Leia a crónica de Mário Crespo que deveria ter sido hoje publicada no Jornal de Notícias:

O Fim da Linha

Mário Crespo

Terça-feira dia 26 de Janeiro. Dia de Orçamento. O Primeiro-ministro José Sócrates, o Ministro de Estado Pedro Silva Pereira, o Ministro de Assuntos Parlamentares, Jorge Lacão e um executivo de televisão encontraram-se à hora do almoço no restaurante de um hotel em Lisboa. Fui o epicentro da parte mais colérica de uma conversa claramente ouvida nas mesas em redor. Sem fazerem recato, fui publicamente referenciado como sendo mentalmente débil ("um louco") a necessitar de ("ir para o manicómio"). Fui descrito como "um profissional impreparado". Que injustiça. Eu, que dei aulas na Independente. A defunta alma mater de tanto saber em Portugal. Definiram-me como "um problema" que teria que ter "solução". Houve, no restaurante, quem ficasse incomodado com a conversa e me tivesse feito chegar um registo. É fidedigno. Confirmei-o. Uma das minhas fontes para o aval da legitimidade do episódio comentou (por escrito): "(...) o PM tem qualidades e defeitos, entre os quais se inclui uma certa dificuldade para conviver com o jornalismo livre (...)". É banal um jornalista cair no desagrado do poder. Há um grau de adversariedade que é essencial para fazer funcionar o sistema de colheita, retrato e análise da informação que circula num Estado. Sem essa dialéctica só há monólogos. Sem esse confronto só há Yes-Men cabeceando em redor de líderes do momento dizendo yes-coisas, seja qual for o absurdo que sejam chamados a validar. Sem contraditório os líderes ficam sem saber quem são, no meio das realidades construídas pelos bajuladores pagos. Isto é mau para qualquer sociedade. Em sociedades saudáveis os contraditórios são tidos em conta. Executivos saudáveis procuram-nos e distanciam-se dos executores acríticos venerandos e obrigados. Nas comunidades insalubres e nas lideranças decadentes os contraditórios são considerados ofensas, ultrajes e produtos de demência. Os críticos passam a ser "um problema" que exige "solução". Portugal, com José Sócrates, Pedro Silva Pereira, Jorge Lacão e com o executivo de TV que os ouviu sem contraditar, tornou-se numa sociedade insalubre. Em 2010 o Primeiro-ministro já não tem tantos "problemas" nos media como tinha em 2009. O "problema" Manuela Moura Guedes desapareceu. O problema José Eduardo Moniz foi "solucionado". O Jornal de Sexta da TVI passou a ser um jornal à sexta-feira e deixou de ser "um problema". Foi-se o "problema" que era o Director do Público. Agora, que o "problema" Marcelo Rebelo de Sousa começou a ser resolvido na RTP, o Primeiro Ministro de Portugal, o Ministro de Estado e o Ministro dos Assuntos Parlamentares que tem a tutela da comunicação social abordam com um experiente executivo de TV, em dia de Orçamento, mais "um problema que tem que ser solucionado". Eu. Que pervertido sentido de Estado. Que perigosa palhaçada.

http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=191927

Depois disto vir a público, já surgiram comunicados da SIC e do Sindicato dos Jornalistas a condenar veemente mais esta atitude ditatorial. Podem ser lidos AQUI e AQUI.

Não tenho palavras para descrever isto. Além de todos os casos supra-citados pelo próprio no texto, adiciona-se mais um, o que já se vem a tornar uma rotina. Espero bem que isto amanhã abra algum dos telejornais (apesar dos cordelinhos já estarem a ser mexidos...) e que fique mais uma vez bem claro a podridão que nos governa :sick:

PS: E sim, venham lá os defensores de Sócrates defender o indefensável ^_^

Edited by Sem_Identidade

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chávez encerra cinco canais privados de televisão Segunda, 25 de Janeiro de 2010

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, ordenou ontem, 24, o encerramento de cinco canais privados de televisão, entre os quais a Radio Caracas Televisión (RCTV), um dos canais com mais audiência no país

A Radio Caracas Televisión é uma das cinco emissoras televisivas encerradas Foto por D.R.

Share

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, ordenou ontem, 24, o encerramento de seis canais privados de televisão.

A Radio Caracas Televisión (RCTV), um dos líderes de audiência na Venezuela, encontra-se na lista de canais encerrados. Uma lista que conta ainda com os canais Ritmo Son, Momentum, America TV, American Network e TV Chile.

Os canais referidos foram encerrados por terem recusado a transmissão de uma mensagem do Governo venezuelano, na figura de Hugo Chávez.

Qualquer semelhança com a realidade NÃO é pura coincidência!

E lá vai ganhando eleições porque este País, apesar de afirmar o contrário, sempre apoiou ditadores.

:dumb:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sem querer defender ninguém... mas a fonte dele é alguém que ouviu a conversa ??!... Epá... Nem o próprio JN quis publicar por considerar que isso não é fonte nenhuma !

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sem querer defender ninguém... mas a fonte dele é alguém que ouviu a conversa ??!... Epá... Nem o próprio JN quis publicar por considerar que isso não é fonte nenhuma !

O Mário aqui explica a fonte....

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Sócrates é tão democrata como o Mário Crespo é jornalista. Estão bem um para o outro.

Acima de tudo, o Sócrates é burro, porque se podia fazer de vítima desse pseudo-jornalista e ainda é o outro que vai sair como vítima.

Isto assumindo que é verdade, porque é um "diz que alguém disse que ouviu dizer numa conversa particular entre amigos", sendo o meio de transmissão da conversa alguém que tem um ódio de morte ao Sócrates.

Já agora, este bronco do Mário Crespo acha que se pública uma crónica na boa com base em alguém que ouviu uma conversa de café?

Eu não nutro grande simpatia pelo Sócrates, mas irrita-me tremendamente a falta de isenção de quem a devia ter, como é o caso deste e da Boca Guedes. Isto porque sem isenção não há jornalismo. Para assumir posições existem os comentadores e analistas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se é um artigo de opinião, ele tem todo o direito de não ser isento. Ele não está a dar notícia nenhuma, está a escrever num espaço seu sobre o que bem lhe apetece e não é por ser jornalista de profissão que tem de ser isento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já agora, este bronco do Mário Crespo acha que se pública uma crónica na boa com base em alguém que ouviu uma conversa de café?

Eu não nutro grande simpatia pelo Sócrates, mas irrita-me tremendamente a falta de isenção de quem a devia ter, como é o caso deste e da Boca Guedes. Isto porque sem isenção não há jornalismo. Para assumir posições existem os comentadores e analistas.

Nos artigos de opinião, segundo me parece, é pedido que o autor expresse a sua opinião e não que se mantenha isento. Por isso se chama "artigo de opinião" que é diferente de "notícia".

O artigo não é publicado precisamente por ser baseado em factos que aconteceram, caso contrário deixavam o Crespo enterrar-se.

Ele tem sido contundente nos seus artigos de opinião em relação ao Governo... melhor... em relação aos políticos. Assino por baixo tudo o que tem escrito e considero-o uma das figuras do jornalismo nacional. É um homem extremamente inteligente, culto como há poucos no mundo jornalístico nacional.

Não gostar dele é uma coisa. Não lhe reconhecer mérito é cegueira.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se é um artigo de opinião, ele tem todo o direito de não ser isento. Ele não está a dar notícia nenhuma, está a escrever num espaço seu sobre o que bem lhe apetece e não é por ser jornalista de profissão que tem de ser isento.

Pode não ser isento, é uma verdade, mas também não pode escrever o que lhe der na telha, escudando-se na democracia e na liberdade de expressão. Digo eu... :unsure:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já agora, este bronco do Mário Crespo acha que se pública uma crónica na boa com base em alguém que ouviu uma conversa de café?

Eu não nutro grande simpatia pelo Sócrates, mas irrita-me tremendamente a falta de isenção de quem a devia ter, como é o caso deste e da Boca Guedes. Isto porque sem isenção não há jornalismo. Para assumir posições existem os comentadores e analistas.

Nos artigos de opinião, segundo me parece, é pedido que o autor expresse a sua opinião e não que se mantenha isento. Por isso se chama "artigo de opinião" que é diferente de "notícia".

O artigo não é publicado precisamente por ser baseado em factos que aconteceram, caso contrário deixavam o Crespo enterrar-se.

Ele tem sido contundente nos seus artigos de opinião em relação ao Governo... melhor... em relação aos políticos. Assino por baixo tudo o que tem escrito e considero-o uma das figuras do jornalismo nacional. É um homem extremamente inteligente, culto como há poucos no mundo jornalístico nacional.

Não gostar dele é uma coisa. Não lhe reconhecer mérito é cegueira.

x2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu, que dei aulas na Independente.

Pode não ser isento, é uma verdade, mas também não pode escrever o que lhe der na telha, escudando-se na democracia e na liberdade de expressão. Digo eu... :unsure:

Ele deu aulas, logo pode, sabe e diz como deve ser feito. O outro tirou o curso na moderna ou lá o que foi, logo é um analfabeto perigoso com amigos a puxar cordelinhos.

A sério, eles que se fodam os 2.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para mim, o LOL total é a SIC vir meter-se ao barulho. Mas o que é que a SIC tem a ver com isto? :unsure:

Que eu saiba houve um diferendo entre o MC e o JN que se ficou pelo termino do 'relacionamento' que tinham. Mais nada...

Btw, estou de acordo com o JN, se há pressupostos para os artigos de opinião, e se estes não estavam reunidos... manter a política editorial era o único caminho possível. Agora... se o MC não os conhecia é que eu acho estranho... ou conhecia? :unsure:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aqui ao lado em Espanha temos jornais que são assumidamente de uma cor politica, por cá tem que se a fazer de conta que se é isento, não se vá deixar de ser politicamente correcto. Deixemos o jornalismo de isenção para o jornal da noite.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O MC sabe bem com que linhas se cose e não tem nada a perder, ele que abra um blog e siga numa de venting... é outro pacheco pereira. A sic mete-se por ser um cromo de casa e andam fartos do haiti.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já agora, este bronco do Mário Crespo acha que se pública uma crónica na boa com base em alguém que ouviu uma conversa de café?

Eu não nutro grande simpatia pelo Sócrates, mas irrita-me tremendamente a falta de isenção de quem a devia ter, como é o caso deste e da Boca Guedes. Isto porque sem isenção não há jornalismo. Para assumir posições existem os comentadores e analistas.

Nos artigos de opinião, segundo me parece, é pedido que o autor expresse a sua opinião e não que se mantenha isento. Por isso se chama "artigo de opinião" que é diferente de "notícia".

O artigo não é publicado precisamente por ser baseado em factos que aconteceram, caso contrário deixavam o Crespo enterrar-se.

Ele tem sido contundente nos seus artigos de opinião em relação ao Governo... melhor... em relação aos políticos. Assino por baixo tudo o que tem escrito e considero-o uma das figuras do jornalismo nacional. É um homem extremamente inteligente, culto como há poucos no mundo jornalístico nacional.

Não gostar dele é uma coisa. Não lhe reconhecer mérito é cegueira.

Subscrevo por completo, especialmente o que está a negrito! :y:

Share this post


Link to post
Share on other sites

1 - No JN é-lhe dada liberdade para assumir a sua falta de isenção, é verdade. Aí é comentador. O problema é que na SIC Notícias é jornalista / apresentador de noticiário. E aí segue a mesma linha que segue no JN, com comentários às notícias (tipo Moura Guedes) e, acima de tudo, fazendo jogadas de "2 contra 1" nos debates, indo sempre em auxílio de quem está mais dentro da sua linha de pensamento. Era a isso que me referia, obviamente.

2 - Até o MC compreende os motivos para não ter sido publicado o artigo dele no JN, já que se baseia em conversas de café, não confirmadas por fonte credível e não contraditadas para acusações graves. Mas se ele é tão bom jornalista, por que raio aparece com um artigo que vai contra tudo aquilo que o jornalismo deve ser? Fácil: porque já há muito despiu a capa de jornalista e assumiu se como político.

3 - O pessoal aqui entra muito na lógica "Sócrates não presta, por isso todos

os que se apareçam a atacá-lo são pessoas 5 estrelas". Acho isto um bocado forçado. Por mim, por exemplo, era fechar o Sócrates, o Silva Pereira, a Moura Guedes e o Crespo numa sala bem fechada e cheia de facas e deixá-los matarem-se uns aos outros. Porque aqui não há os 'bons' e os 'maus'. Há é muita gente que não sabe assumir o seu papel como devia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pah...

Só digo isto....

Não abram os olhos não, quando abrirem estão numa ditadura sem saber como lá entraram e sem saber como sair....

Isto é mais uma prova da merda que nos governa, fazem o que querem e ninguém lhes pode dizer nada...

Ou alguém tem dúvidas de que somos governados por corruptos???

Edited by Kaveyrynha

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu, que dei aulas na Independente.

Pode não ser isento, é uma verdade, mas também não pode escrever o que lhe der na telha, escudando-se na democracia e na liberdade de expressão. Digo eu... :unsure:

Ele deu aulas, logo pode, sabe e diz como deve ser feito. O outro tirou o curso na moderna ou lá o que foi, logo é um analfabeto perigoso com amigos a puxar cordelinhos.

A sério, eles que se fodam os 2.

LOL, Ó Pescador não percebeste a ironia do Mário Crespo.

(...)Eu, que dei aulas na Independente. A defunta alma mater de tanto saber em Portugal.(...)

O Sócrates tirou o curso na U.Independente, não na Moderna..... ;)

Edited by ccrgs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fiquei a aprender mais umas coisas hoje:

Um gajo diz que ouviu outros gajos a dizer baboseiras sobre um outro gajo, esse gajo conta ao gajo sobre o qual se contavam as baboseiras que andavam a dizer essas coisas sobre ele. E este diz que disse, que neste caso é mais um diz-se que ouviu é logo considerado verdadeiro. Uau...

Depois um gajo trabalha para um patrão, esse patrão tem regras sob as quais a sua empresa se rege, um empregado falha no cumprimento dessas regras, e vê algo ser-lhe negado, o empregado pede a demissão o patrão aceita. O ex-empregado munido de uma ética fenomenal grita para o mundo e para quem o quer ouvir sobre o que lhe foi negado. Isto pelos vistos é chamado de ditadura... Uau..

Vivendo e aprendendo.. Sim senhora....

:facepalm:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Realmente nesta também estou mais do lado do JN do que do Mário Crespo. E não tenho nada contra ele..

E continuo a achar que relatar o que um gajo disse que disse é diferente de opinar sobre algo. Digo eu...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fiquei a aprender mais umas coisas hoje:

Um gajo diz que ouviu outros gajos a dizer baboseiras sobre um outro gajo, esse gajo conta ao gajo sobre o qual se contavam as baboseiras que andavam a dizer essas coisas sobre ele. E este diz que disse, que neste caso é mais um diz-se que ouviu é logo considerado verdadeiro. Uau...

Depois um gajo trabalha para um patrão, esse patrão tem regras sob as quais a sua empresa se rege, um empregado falha no cumprimento dessas regras, e vê algo ser-lhe negado, o empregado pede a demissão o patrão aceita. O ex-empregado munido de uma ética fenomenal grita para o mundo e para quem o quer ouvir sobre o que lhe foi negado. Isto pelos vistos é chamado de ditadura... Uau..

Vivendo e aprendendo.. Sim senhora....

:facepalm:

Nem mais...e já agora...não estamos a falar propriamente do zé da esquina, mas sim da autoridade máxima no nosso pais...

Share this post


Link to post
Share on other sites

ok, ok....

O diz que disse não pode (não deve) ser levado em conta...

Até posso concordar com vcs....

Mas respondam-me, se souberem, não inventem, no belo país em que vivemos, belo porque é bonito, não estou a ser ironico, não há censura???

No nosso país não há corrupção???

Nós estamos a ser bem governados???

Sei que não tem nada a ver com o tópico ( ou se calhar até tem, visto que o PM, e alguns "amigos" que formam o governo com ele estarem nesta confusão) estas minhas perguntas, mas....

Olhem para o país, olhem para as políticas que se tem praticado ao longo dos anos no nosso país....

Já agora, é verdade que devemos 80% do PIB???

O futuro é sombrio, muito sombrio....

Share this post


Link to post
Share on other sites

ok, ok....

O diz que disse não pode (não deve) ser levado em conta...

Até posso concordar com vcs....

Mas respondam-me, se souberem, não inventem, no belo país em que vivemos, belo porque é bonito, não estou a ser ironico, não há censura???

No nosso país não há corrupção???

Nós estamos a ser bem governados???

Sei que não tem nada a ver com o tópico ( ou se calhar até tem, visto que o PM, e alguns "amigos" que formam o governo com ele estarem nesta confusão) estas minhas perguntas, mas....

Olhem para o país, olhem para as políticas que se tem praticado ao longo dos anos no nosso país....

Já agora, é verdade que devemos 80% do PIB???

O futuro é sombrio, muito sombrio....

Mais uma do "mini-salazar"...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Epá, votaram no homem ,não votaram. Pelos vistos uma maioria relativa das pessoas gosta do trabalho que ele faz...

Quanto há corrupção e se estamos ou não a ser bem governados, até pode ser verdade, e na grande maioria das vezes parece-me ser verdade, mas o que podes tu fazer? A verdade é que seja o ps, o psd ou outro qualquer, o que eles querem todos, e ênfase no todos, é ir para lá encher os bolsos...

Chamam mini-salazar ao ao Sócrates, lamento mas isso é o cúmulo da estupidez, vocês vivem num país onde uma cambada de desocupados, como são os "empresários" das máquinas de diversão, saem para a rua na tentativa (conseguida) de parar a capital de Portugal, para reivindicar que as máquinas que eles usam não devem ser objecto de fiscalização.. wtf? Não é suposto serem fiscalizadas para tentar evitar ao máximo que acidentes trágicos aconteçam?

Diz-me lá em que país ou regime ditatorial podes fazer algo do género? Se o homem fosse mesmo um mini-salazar eram todos corridos a tiro e acabava-se logo as manifs.

Uma ditadura disfarçada vive-se na rússia, onde se escreveres num jornal uma crónica meio a gozar que o presidente é homossexual, no dia a seguir és encontrado numa valeta morto...

Que o Sócrates é arrogante... Epá claro que é sem dúvida, agora, Salazar? Ditador? Deviam ter vivido nessa época onde te garanto mesmo que tivesses internet, não podias estar num fórum a dizer as baboseiras que dizes...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.