Jump to content
Sign in to follow this  
Spark

Humanos Mais Perto De Se Tornarem Baterias

Recommended Posts

Humanos mais perto de se tornarem baterias

A visão futurista do filme Matrix está mais próxima, agora que os cientistas arranjaram forma de usar o corpo humano para fornecer energia a máquinas.

matrix-995f.jpg

De acordo com o DailyTech, os cientistas Vladimir Leonov e Ruud Vuller, do Interuniversity Microelectronics Center na Bélgica, criaram um ambicioso dispositivo para recolher energia do corpo humano, transformando-o numa "pilha" ambulante.

Estes dispositivos são capazes de transformar o calor libertado pelo corpo em electricidade, através de mecanismos electrónicos especiais conhecidos por pilhas termoeléctricas.

A principal desvantagem desta abordagem é o facto de o corpo humano produzir calor de forma ineficiente e irregular. Assim, esta abordagem só é útil quando na presença de dispositivos que consumam pouquíssima energia.

Os cientistas estão, por isso, a trabalhar também em dispositivos de muito baixa voltagem que possam tirar partido da energia fornecida pelo corpo humano.

A ideia até nem é nova, visto que existem várias pesquisas no campo do aproveitamento eléctrico do corpo humano. Neste momento, o exército norte-americano está, inclusivamente, a trabalhar em geradores piezoeléctricos para ajudar a recarregar as baterias dos equipamentos usados por soldados, e há também investigação no campo de geradores microscópicos capazes de tirar partido da corrente sanguínea para produzir electricidade e alimentar dispositivos nanométricos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito bom..

"Vou só dar ali uma corridinha para carregar o mp mais rápido." :clap:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ele: Bora lá?

Ela: Ah e tal doí-me a cabeça...

Ele: Queres ver tv então?

Ela: Pode ser...

Ele: Então caga na dor de cabeça e abre as pernas que é preciso carregar as pilhas do comando crl!

:-..

B)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ele: Bora lá?

Ela: Ah e tal doí-me a cabeça...

Ele: Queres ver tv então?

Ela: Pode ser...

Ele: Então caga na dor de cabeça e abre as pernas que é preciso carregar as pilhas do comando crl!

:-..

B)

:-..

Share this post


Link to post
Share on other sites

E depois existem aqueles humanos que são autenticas bilhas de gas. Também há que aproveitar esse potencial.

Share this post


Link to post
Share on other sites

não haviam uns relógios da seiko movidos a energia do pulso? e acho que nao sao propriamente recentes

Sim, há.

Se bem que aqui a ideia é outra.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não são da seiko, são de milhentas marcas e afins, é uma tecnologia que existe ainda eu não era nascido ou pior ainda, nem o karkov.

Tenho vários relógios assim.

B)

Share this post


Link to post
Share on other sites

E depois existem aqueles humanos que são autenticas bilhas de gas. Também há que aproveitar esse potencial.

nesses casos a tomado é no rabo, o pior é o cheiro :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

... é uma tecnologia que existe ainda eu não era nascido ou pior ainda, nem o karkov.

:lol: :lol: :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Onde será que vai ser a nossa tomada?

:rezingao:

No nariz :-..

Edited by W1cKeD

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.