Jump to content
Sign in to follow this  
Batunaz

Pink Floyd, Radiohead E Blur Juntam-Se Aos Piratas!

Recommended Posts

Membros dos Pink Floyd, Radiohead e Blur estão a fazer pressão junto do governo britânico para que este abandone a proposta de cortar o acesso à internet a todos aqueles que forem apanhados a fazer partilha ilegal de ficheiros online. Esta medida, já levada a cabo em países como a França e proposta para ser usada em toda a União Europeia, prevê a colaboração entre as autoridades e os provedores de acesso à internet de cada país, numa tentativa de afastar os processos por pirataria dos tribunais ao cortar o mal pela raíz, ou seja, no acesso individual à internet.

A intenção das autoridades levou a que músicos como Billy Bragg, Nick Mason (Pink Floyd), Ed O'Brien (Radiohead) e Dave Rowntree (Blur) fundassem a Featured Artists Coalition (FAC), uma associação cujo único propósito é defender os interesses dos artistas com obra gravada, baseando-se na premissa de que a partilha de ficheiros na internet funciona como potenciador da compra de bilhetes para concertos e merchandise, apesar da óbvia influência na descida dos números de vendas de discos.

«A minha geração cresceu sob o ponto de vista de que tens de pagar pela tua música. Todas as gerações vivem tempos diferentes. A partilha de ficheiros é como um sampler. É como espreitares a música do teu amigo. E o que pode acontecer é perceberes que gostas e até podes comprar o disco ou vê-los ao vivo. O que se está a passar é uma volta de 180º dos paradigmas musicais», comentou Ed O'Brien ao The Times. «A partilha de ficheiros continua a ter lugar e é cada vez mais popular. É uma coisa incrível para a indústria musical. É sinal de que a música está tão popular que as pessoas até estão dispostas a quebrar a lei para consegui-la», comentou por seu lado Dave Rowntree.

A FAC escreveu um documento, sob o auspício da British Academy of Songwriters, Composers and Authors e o Sindicato dos Músicos do Reino Unido, onde argumenta que o governo se devia centrar em novas medidas de gestão da indústria para tornar a procura legal de música atractiva ao público. «Podes aparecer com um método qualquer para combater a pirataria, que os fãs arranjam logo maneira de dar a volta à coisa. Tens de lidar com o mundo como é. Temos de usar a delicadeza para tentar levar a malta a procurar música de forma legal», acrescenta o baterista dos Blur.

Por seu lado, as editoras responderam através do director da Indústria Fonográfica do Reino Unido, Geoff Taylor. «Criámos imensos serviços legais para download de música, e nada disso levou à diminuição da pirataria. É a troca de ficheiros directa que tem travado o investimento em outro tipo de serviços. O que o governo propõe é a suspensão temporária das contas de internet, como último recurso de um conjunto de medidas equilibradas e proporcionais», disse Taylor ao Times.

Parece que finalmente alguem no mundo da musica percebeu o que se está a passar! Posted Image

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também há o reverso da moeda.

Lily Allen e Patrick Wolf: unidos contra a pirataria, criticam bandas como Pink Floyd ou Radiohead

Os dois artistas britânicos discutem os efeitos nocivos dos downloads ilegais.

A britânica Lily Allen escreveu ontem um extensíssimo post no seu blog do MySpace sobre os efeitos nocivos da pirataria musical , atacando pelo caminho músicos de bandas grandes como os Radiohead ou os Pink Floyd por dizerem que tudo está bem. A cantora arranjou um aliado de peso: Patrick Wolf subscreve o que Allen disse e acrescenta alguns pontos também.

Primeiro, Lilly Allen diz que a " pirataria musical está a ter um efeito perigoso na música britânica ", acrescentando logo de seguida que " alguns artistas realmente ricos e bem sucedidos como o Nick Mason dos Pink Floyd ou o Ed O'Brien dos Radiohead não pensam da mesma forma ", referindo-se a um artigo no jornal Times em que os músicos referidos se mostram pouco preocupados com a partilha de música ilegal.

" Provavelmente está tudo bem para eles, que esgotam digressões em grandes salas e têm as maiores colecções de Ferraris do mundo. Para os novos talentos, no entanto, a partilha de ficheiros é um desastre e está a fazer com que seja cada vez mais difícil as novas bandas afirmarem-se ", diz a cantora sem papas na língua. Allen explica também que tudo o que os artistas fazem lhes sai do bolso: "Quando consegues um contrato, todos os bonitos vídeos e posters que publicitam o teu álbum têm de ser pagos e, enquanto artista, tens de pagar por eles". Referindo-se à sua situação particular, acrescenta ainda: " Acabei de pagar todo o dinheiro que devia à minha editora. Tenho a sorte de ter tido sucesso e conseguido pagar tudo, mas nem toda a gente é tão afortunada ".

O estado das coisas, segundo Allen, reduz a música britânica assinada pelas editoras aos "fantoches de Simon Cowell" (olheiro de editoras que se tornou conhecido com os programas de novos talentos Ídolos, X Factor ou America's/Britain's Got Talent): "A falta de dinheiro faz com que as pessoas responsáveis pela procura de novos talentos não possam arriscar e só assinem artistas que pensem que vão ser rentáveis, o que novamente faz com que a música britânica se tenha transformado nos fantoches de Cowell".

Depois de elogiar sites como o Spotify ou o MySpace , que "não roubam os artistas", porque permitem que as pessoas "ouçam as músicas e vejam se gostam delas antes de as comprar", Allen termina da seguinte forma: " É este o caminho que queremos para a música britânica? Agora, obviamente que vou beneficiar com a luta contra a pirataria, mas penso que se não a combatermos, a música britânica vai sofrer ".

Para ler a entrada no blog de Lily Allen na íntegra, siga este link.

Patrick Wolf , partindo da leitura do texto de Allen, falta também da situação degradante da maioria das grandes editoras "que têm mais dívidas do que aquilo que se possa imaginar", antes de explicar a sua situação actual: " Não vivo o estilo de vida dos helicópteros e limusinas. Estou neste momento a decidir se gasto o meu último dinheiro, que ganhei nos concertos que fiz este ano, a gravar as cordas e os coros do meu novo álbum ou na renda até Dezembro , este é apenas um exemplo de como muitos outros artistas vivem".

" Enquanto músicos, temos de pagar aos outros músicos e equipa que nos acompanham, bem como os managers e acima de tudo os advogados e contabilistas... Se vocês não pagarem pela música, como é que os músicos de amanhã e de hoje conseguem sobreviver. Nos sete anos que passei neste negócio, vi incontáveis editoras de música a falir e estúdios de gravação a fechar ou a serem vendidos a imobiliárias que depois constroem complexos luxuosos de apartamentos".

A terminar, o músico diz: " Penso que é altura de nós, enquanto músicos, falarmos acerca destes assuntos. Senti-me mesmo inspirado pelo que a Lily escreveu no seu blog. O melhor que consigo dizer é que estou no mesmo barco que vocês e que o barco se está a afundar... Mas o que é a vida sem esperança!! Vamos dar início a um novo futuro... Pensar de onde vem toda a música boa... Façam o que possam para proteger a música de que gostam, invistam em compras físicas, pensem em toda a máquina que transforma a vossa banda favorita tão fabulosa e inspiradora... E de como eles deveriam ser capazes de sobreviver tão bem quanto vocês (...) Lily... Força aí...".

Blitz

Share this post


Link to post
Share on other sites

Epa isso é excelente. Se me tirarem os meus downloads "piratas" vou para à rua mostrar o meu manifesto com cocktails molotov!

:box:

Share this post


Link to post
Share on other sites

No fundo... uns são contra, outros a favor. Nada de novo, portanto...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Posted Image

Posted Image


Toda a vida os Floyd alertam-nos contra injustiças..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pá, sinceramente pareceu-me mais a conversa do coitadinho do que outra coisa!

Tirei isto do mininova, vale o que vale, é apenas um exemplo:

Patrick Wolf-The Bachelor [2009] 92.75 MB

Seeds 22 leechers 0

Downloads: 1,216

A questão é, quem é o Patrick Wolf?

Nem bom para sacar é pelo vistos!

Qt à Lily Allen que se farta de dizer que ninguém compra os albums dela, que se queixa da pirataria, que se queixa que os gajos das editoras são uns chulos, que se queixa que ganha pouco com os concertos. Epá, já que está a correr assim tão mal e toda a gente a anda a entalar, ela que se corte no alcool, na droga e nas noitadas que faz que assim já poupa dinheirinho para a renda do apartamento que tem em Londres!

Share this post


Link to post
Share on other sites

lilly alen e afins tem esta posição porque nao se encheram ainda de milhoes e milhoes de euros como os outros chulos que durante anos monopolizaram vendas exercendo preços altissimos , eu tenho um album dela , mas se nao houvesse internet jamais compraria um album dela por 20 euros para ver se gostava ou nao ,consequentemente tb nao iria a um concerto e se calhar nem saberia quem a lilly halen é :tease: eu continuo na minha o q eles perdem em vendas ganham a duplicar em publicidade coma alegada pirataria ...but this is just my opinion

Edited by NOX

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Lily não precisa, o pai paga-lhe as bebedeiras.

Mas no que toca à música tanto ela como o Wolf tentaram singrar pelo próprio talento e não deve ser fácil gastar um dinheirão para gravar um disco e não vê o fruto do trabalho a dar rendimento. E nem toda a gente é um animal de palco.

Mas o mais importante a retirar do discurso dela é que que dá a cara a favor é quem já marcou um lugar e não precisa de trabalhar muito, inclusive até vendem bastantes discos. Falar é fácil.

E para quem começa agora não é bem assim. Quando os Radiohead lançaram o In Rainbows eles fizeram questão de afirmar que podiam fazer aquilo porque são os Radiohead, para uma banda a iniciar carreira é impensável.

Agora o outro lado da questão é que eu saco música e também com discos. E para os artistas não deixa de ser uma questão de adaptação à realidade de que se vendem menos discos e de que seja de que maneira for têm que se fazer à vida .

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lily Allen?

Mas que razão é k levaria alguém a querer downloadar esta bosta?

Descansa Lily que por aqui estás safa...

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Lily não precisa, o pai paga-lhe as bebedeiras.

Mas no que toca à música tanto ela como o Wolf tentaram singrar pelo próprio talento e não deve ser fácil gastar um dinheirão para gravar um disco e não vê o fruto do trabalho a dar rendimento. E nem toda a gente é um animal de palco.

Mas o mais importante a retirar do discurso dela é que que dá a cara a favor é quem já marcou um lugar e não precisa de trabalhar muito, inclusive até vendem bastantes discos. Falar é fácil.

E para quem começa agora não é bem assim. Quando os Radiohead lançaram o In Rainbows eles fizeram questão de afirmar que podiam fazer aquilo porque são os Radiohead, para uma banda a iniciar carreira é impensável.

Agora o outro lado da questão é que eu saco música e também com discos. E para os artistas não deixa de ser uma questão de adaptação à realidade de que se vendem menos discos e de que seja de que maneira for têm que se fazer à vida .

Eu concordo ctg!

Para mim a questão não está na moralidade da coisa, quem saca está a roubar. Não há como esconder isso! Mas...

As pessoas não podem comprar todos os discos que gostam, seja a causa disso a crise, o preço dos discos, o que fôr. No meu caso eu compre ou não albuns de bandas que goste, saco sempre para ver como estão!

A questão aqui é... ( e vou incidir mais na Lily Allen, que já tem algum sucesso e meteu-se ao barulho nesta questão)

Ela queixa-se que o album dela está a vender pouco, será que a culpa é da pirataria? Ou será que o album se calhar até nem tem a qualidade necessária para agradar ao ouvido da maioria das pessoas?

Estive a googlar e nos US a Lily Allen vendeu 220 e qualquer coisa mil copias, o site que alberga mais torrents (ou pelo menos mais famoso agora, o mininova) tem à volta 60.000 downloads do album dela. Mesmo que essas pessoas todas comprassem o album dela as vendas chegavam às 300.000 cópias. O que, convenhamos não é muito (se contarmos só com os states). Pouco mais ou nada ia ganhar!

A politica dos músicos queixarem-se do sacanço está no meu ponto de vista errada e é claramente uma lavagem cerebral das editoras porque todo ou quase todo o dinheiro dos discos vai para as editoras (os artistas não recebem quase nada!), e o artistas sejam quais eles forem vão ganhar o seu ganha-pão é nos concertos!

Quanto mais exposto estiver o seu trabalho (mesmo que seja de forma ilicita) melhor, mais pessoas podem vir a gostar, mais pessoas vão aos concertos, mais hype existe! E não digam que isso é mau!

Edited by Batunaz

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ela nem se queixa muito dela própria já que diz que até tem tido sorte e pôde pagar as contas dela. Também tem corrido os festivais todos de Inglaterra. E nem é pela qualidade que tem tido boas criticas, tendo em conta o costume para um segundo álbum depois de um primeiro bem sucedido, e até já tirou de lá uns 4 vídeos.

E o hype que é criado na net não assim tão linear. É como em tudo na vida, tem coisas boas e más.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ela nem se queixa muito dela própria já que diz que até tem tido sorte e pôde pagar as contas dela. Também tem corrido os festivais todos de Inglaterra. E nem é pela qualidade que tem tido boas criticas, tendo em conta o costume para um segundo álbum depois de um primeiro bem sucedido, e até já tirou de lá uns 4 vídeos.

E o hype que é criado na net não assim tão linear. É como em tudo na vida, tem coisas boas e más.

Entao ela queixa-se do q afinal? Queres ver que qd sair do trabalho tenho de ir comprar o album dela à força para ver se a menina nao chora mais!

Edited by Batunaz

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lol.. ela fala no geral.. provavelmente também um pouco dela. Mas dos músicos que tão a começar principalmente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.