Jump to content
Sign in to follow this  
Walt Sousa

Songkick Ambiciona Tornar-se Num Imdb Da Música.

Recommended Posts

Songkick quer ser a enciclopédia de shows

Agora em versão completa, o Songkick ambiciona ser a maior base de dados de concertos musicais da internet. A missão do site que teve o projeto iniciado em 2007 não é nada simplória. Com a ajuda da massa digital, seus desenvolvedores tentam cobrir “todos os shows de todas as bandas do mundo”.

Por enquanto, nessa primeira semana aberta ao grande público, o número de concertos disponível para consulta chega a pouco mais de um milhão.

Seria, na teoria, uma espécie de Internet Movie Database (IMDB, o mais popular banco de dados do cinema na web), porém, com maior interação dos cadastrados, quase como uma rede social.

Se o usuário, por exemplo, foi a um show do Sepultura em 1991, no Rock in Rio, pode clicar em “Eu estive lá” para adicionar ao perfil e trocar comentários sobre o evento com outros participantes.

Mas, na contramão do exemplo, a idéia é que não precise ser uma banda com fama internacional, ou com atuações recentes para ter shows adicionados. Não há restrições mínimas de público, tampouco temporal, de acordo com a própria base do site de origem londrina.

Bem como o comparável site cinematográfico IMDB, uma série de pôsteres, fotos e outras mídias podem ser compartilhados na rede. E todos os recursos valem para shows que ainda acontecerão. Ou seja, pode haver um verdadeiro canal de comunicação para caravanas e afins nos domínios do site.

O mais inovador é o que chamam de Songkicker, um programa espião das preferências dos usuários. Ao instalar o programa disponível no site, ele vasculha as bibliotecas do iTunes e do Windows Media Player para listar quais dos artistas ali contidos têm páginas de shows no Songkick.

O projeto é uma criação de Ian Hogarth, Michelle You and Pete Smith, e tem um capital de US$ 4,52 milhões, segundo dados do CrunchBase.

Songkick promete ser o IMDB dos shows ao vivo

Rede social permite que você acompanhe e critique as performances dos seus artistas preferidos

Sabe o vídeo que você – no meio de muitos outros - fez daquele show? Ele já tem uma utilidade além de ser postado no YouTube. Agora ele pode ser compartilhado no Songkick, um serviço que se propõe a ser, para os shows, o que o Internet Movie Database é para o cinema, e que já tem um arquivo de um milhão de apresentações.

O site foi fundado em 2007, mas só nesta terça-feira disponibilizou sua versão acabada. Segundo seus responsáveis, o Songkick tem como objetivo ser uma base completa de dados sobre música ao vivo - dos shows lisérgicos da década 60 até aquele realizado em uma casa esfumaçada na Rua Augusta, na noite passada.

"O que nós fizemos foi pesquisar e apurar informação de centenas de sites e juntar tudo, fazendo um gigantesco arquivo da história da música ao vivo", explicou à revista Wired o co-fundador e CEO do Songkick, Ian Hogarth.

Um programa, disponibilizado para download no site, analisa sua coleção de músicas no iTunes ou no Windows Media Player e te inclui na lista dos seus artistas preferidos, no site. Ao assinar as atualizações de um grupo, vocêsabe quando e o quão longe de sua cidade ele irá tocar, e pode até comprar entradas para as apresentações. Além disso, os fãs podem adicionar vídeos e fotos dos shows, além de escrever e repercutir críticas sobre eles.

Os mais fanáticos conseguem incluir setlists, imagens de ingressos e pôsteres, e podem seguir os feeds não só de grupos, mas também de amigos, pessoas que assistem aos mesmos shows, casas de show ou festivais. Hogarth ainda sugere mais um uso possível para as assinaturas, à la Twitter: “você pode seguir o editor do Pitchfork Media ou da New Musical Express, ou qualquer blogueiro que você respeite na crítica musical, para ver a quais shows essas pessoas influentes estão assistindo”.

Os concertos armazenados no Songkick vão daqueles em que o Bob Dylan começou a usar a guitarra elétrica, há quase 50 anos, às últimas apresentações do Seu Jorge na Inglaterra. Artistas mais presentes na Internet tendem a ter mais atualizações no site.O Radiohead, que lançou o seu álbum In Rainbows na rede, tem já 887 concertos e 141 vídeos adicionados na rede social.

A iniciativa ainda não é rentável, segundo Hogarth, mas já estáconseguindo ganhar algum dinheiro com o acordo fechado com 29 sites de vendas de ingressos. Com o repaginado site lançado nesta manhã, o Songkick promete se tornar um sucesso para aqueles que ainda acham insubstituível a experiência de ouvir música ao vivo.

Isto é capaz de vir a revolucionar a forma como encaramos a música, as bandas e os concertos até agora. Imaginem que podem acompanhar qualquer banda, saber quais os seus próximos concertos, quais serão os mais perto de nós, os que deram recentemente ou que outras bandas deram há anos ou décadas atrás. Partilhar comentários, fotos, vídeos desses concertos, etc. E isto numa base de dados que se espera de 50 milhões de concertos. Neste momento chegam "só" a pouco mais de 1 milhão.

Chegou o IMDB da música e dos concertos com uma vertente de rede social.

Podem experimentar o songkick. Eu já me registei.

Edited by Walt Sousa

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ó Walt, eu sei que é fácil ficares entusiasmado com coisas que não conheces lol, mas ir ver os alinhamentos das bandas antes destas virem a portugal para saber o que nos espera, ou ler reviews desses mesmos concertos, é uma das coisas mais banais que existem...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ó Walt, eu sei que é fácil ficares entusiasmado com coisas que não conheces lol, mas ir ver os alinhamentos das bandas antes destas virem a portugal para saber o que nos espera, ou ler reviews desses mesmos concertos, é uma das coisas mais banais que existem...

Não gostas, não utilizes. ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não é uma questão de gostar ou não, só te estou a mostrar que isso não é nada de revolucionário como tu fazes parecer.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hmm, parece ser engraçado. Mas já há muito que uso o Setlist.fm, parece-me ser bem mais leve e prático.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não é uma questão de gostar ou não, só te estou a mostrar que isso não é nada de revolucionário como tu fazes parecer.

A forma como isto vai ser feito é novidade, não existe nada parecido, nem com uma envergadura tão grande.

Mais uma vez os factos (sabes o que são factos?)

Una 'Wikipedia' de conciertos

Una 'web' aspira a reunir todos los conciertos desde 1960

Imagina que quieres saber qué canciones tocó Neil Young en el concierto del mes pasado en Barcelona, cuándo es la próxima aparición de Calamaro en Madrid o quieres subir tus videos de aquel concierto de Kronos Quartet en Granada. La web Songkick, una mezcla entre la Wikipedia y IMDB (Internet Movies Data Base) pero para conciertos, te permite hacerlo.

Songkick fue fundada en 2007 pero desde hoy está disponible su versión mejorada. Según sus responsables el sitio aspira a ser la base de datos de todos los conciertos desde 1960 hasta hoy, nada más y nada menos. Con este objetivo la web permite a sus usuarios seguir a sus grupos favoritos (saber cuándo y dónde tocan, y si lo hacen cerca de su ciudad), subir fotos o vídeo de recitales a los que han ido o escribir comentarios y recomendaciones sobre ellos.

La idea no es nueva pero la forma de llevarla a cabo sí. Las herramientas y características de Songkick le añaden un componente de red social que no se encuentra en otros sitios de este tipo; ahora las experiencias de los fans también cuentan.

Songkick tiene hasta el momento más de un millón de vídeos de actuaciones en su base de datos. Aunque hay artistas de todos los estilos, la web está claramente dirigida a los amantes del rock: frente a 878 conciertos de Radiohead figuran tan sólo 8 de Miles Davis.

En el perfil de cada usuario se puede incluir información sobre a qué recitales ha ido o a cuales planea asistir. Aquí pueden encontrarse casos curiosos como el del usuario Raysgigs, que ha asistido a cerca de 4.000 conciertos; la lista comienza en 1974 con Wizard y Deep Purple y llega hasta hoy con unos tres conciertos por semana.

Según su creador Songkick aspira a tener más de 50 millones de conciertos en su base de datos.

Espero que percebas espanhol.

Songkick - Never Miss a Concert

If you are like me and have a ticket stub from every show, then imagine Songkick as the online companion - a place for you to share your personal "gigography" of all the gigs you’ve ever been to. Before they started, there wasn’t a single place where you could see an artist’s entire tour history and see all the gigs a legendary venue has hosted. Social media kicks in because every concert and festival deserves a home online, where you can share your experience with posters, photos, videos, setlists, reviews, and more.

The big picture idea is to get more social and extend the experience of going to a concert beyond the actual show. Maybe you’ll see that you’ve been to a bunch of the same shows as someone else, and you’ll add them as a friend on Songkick, and you’ll probably run into them in another show. I think that will have more impact for folks who log lots of small indie, local bands. The liklihood of running into somebody at the stadium concert is a tad bit of a stretch for my imagination.

Music site Songkick is looking to create a one-stop destination for information on live performances. It combines tickets for purchase, provides listings and community discussions. The site now has over one million concert listings, the largest in the world, and allows fans to upload their own content, like Wikipedia.

It’s possible to add photos, videos, set lists, images of ticket stubs, posters, and your own concert reviews for each show listing. You can also follow people, bands, venues or festivals in the same way as you would on Twitter.

“There’s a big silo [of information] around specific artists”, explained Songkick co-founder and CEO Ian Hogarth. “What we’ve done is crawl and cull this information from thousands of sites all across the web, and stitched it together enough to make a giant database of live musical history.”

As ferramentas utilizadas não são novas, nem o conceito mas a forma como isto está a ser feito, e a envergadura que pretende tomar acabam por tornar Songkick numa novidade.

Hmm, parece ser engraçado. Mas já há muito que uso o Setlist.fm, parece-me ser bem mais leve e prático.

Setlist.fm Statistics
30,709 Setlists
2,758 Artists
10,533 Venues
3,201 Tours

Lá está, comparar o Setlist.fm ao Songkick estás a comparar algo extremamente mais simples e básico. O Setlist.fm, pelo que me foi dado a perceber é uma "brincadeira de crianças" ao lado do Songkick.

Criar uma base de dados de todos (ou praticamente todos) os concertos desde 1960 até hoje é uma tarefa complexa e ciclópica mas é precisamente esse o objectivo dos criadores do Songkick. E toda a interacção de nós podermos seguir as bandas/cantores e as suas tours, de seguir as pessoas que vão ver esses concertos (que podem ser nossos amigos ou celebridades), partilhar fotos, vídeos e reviews e até comprar bilhetes para concertos, tudo num só sitio, é algo que até hoje nunca tinha sido feito. Nem o IMDB chega tão longe em relação ao cinema.

Edited by Walt Sousa

Share this post


Link to post
Share on other sites

Enfim Walt, mais uma vez chegas ao ridículo para defender a tua opinião. Acabaste por dizer a mesmo coisa que tinhas dito no primeiro post. E eu digo-te o mesmo que disse, qualquer pessoa minimamente interessada, sabe onde vai buscar toda essa informação. Quanto muito, este serviço é um pouco mais conveniente, porque de resto não tem absolutamente nada de inovador.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Walt costumas ir a muitos concertos?

Porquê? Queres-me pagar algum? :-..

Eu não sei qual é o problema desta gente que volta e meia apenas sabe criticar ou "deitar abaixo" alguém só porque "perdeu tempo" a pôr aqui algo que não lhes interessa.

Eu não meti isto aqui a pensar em mim, e se vou ou não a muitos concertos. Fiz referência ao Songkick porque achei a ideia interessante e capaz de agradar alguns users. Querem ver que eu tenho de fazer uma sondagem a perguntar se vale a pena ou não falar-se do SongKick no FNF? :unsure:

Enfim Walt, mais uma vez chegas ao ridículo para defender a tua opinião.

Qual ridículo? De fazer quotes a sites e a bold demostrar que até hoje não existia nada parecido com isto, feito desta forma? Ok, eu pelo menos cito fontes, tu nem isso. E se perderes tempo a fazer buscas por Songkick vais encontrar muitas mais.

Mas hoje não estou com muita paciência para levar contigo. :(

Edited by Walt Sousa

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cá pra mim, para defender o Songkick com esta veemência, o Walt deve estar a receber comissão. :-..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cá pra mim, para defender o Songkick com esta veemência, o Walt deve estar a receber comissão. :-..

vamos ver se nao acontece como o meo e acaba por ter que largar a nota... :-

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cá pra mim, para defender o Songkick com esta veemência, o Walt deve estar a receber comissão. :-..

Defender? É mais eu sentir na pele estarem a criticar só porque não lhes diz pouco ou nada.

É mais ou menos o mesmo que alguém postar um filme e vir alguém dizer que é tempo perdido, que o filme não vale nada e coisas do género. A diferença é que na minha busca da informação não tive que meter nada dentro do Telepac.

Obviamente que o Songkick não interessará a toda a gente. Mas qual será tb o tópico aqui dentro que interesse a toda a gente? ;)

Cá pra mim, para defender o Songkick com esta veemência, o Walt deve estar a receber comissão. :-..

vamos ver se nao acontece como o meo e acaba por ter que largar a nota... :-

Estás a fazer futurologia? É que eu ainda não paguei nada. Isso está em tribunal. ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu como amante de música tenho a dizer que à primeira vista parece ser um site muito útil nem que seja cm o Figos disse... para consultar setlists e reviews de concertos! Não é muito revolucionário mas não deixa de ser uma novidade e a sua utilidade para quem gosta de música é inegável!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu como amante de música tenho a dizer que à primeira vista parece ser um site muito útil nem que seja cm o Figos disse... para consultar setlists e reviews de concertos! Não é muito revolucionário mas não deixa de ser uma novidade e a sua utilidade para quem gosta de música é inegável!

What he said :-..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu como amante de música tenho a dizer que à primeira vista parece ser um site muito útil nem que seja cm o Figos disse... para consultar setlists e reviews de concertos! Não é muito revolucionário mas não deixa de ser uma novidade e a sua utilidade para quem gosta de música é inegável!

Não foi isso o que ele disse...

Ó Walt, eu sei que é fácil ficares entusiasmado com coisas que não conheces lol, mas ir ver os alinhamentos das bandas antes destas virem a portugal para saber o que nos espera, ou ler reviews desses mesmos concertos, é uma das coisas mais banais que existem...

O banal que ele fala é andar a correr centenas de sites e blogs sobre música, quando agora pode fazer praticamente o mesmo apenas num. :-..

Edited by Walt Sousa

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu como amante de música tenho a dizer que à primeira vista parece ser um site muito útil nem que seja cm o Figos disse... para consultar setlists e reviews de concertos! Não é muito revolucionário mas não deixa de ser uma novidade e a sua utilidade para quem gosta de música é inegável!

Não foi isso o que ele disse...

Ó Walt, eu sei que é fácil ficares entusiasmado com coisas que não conheces lol, mas ir ver os alinhamentos das bandas antes destas virem a portugal para saber o que nos espera, ou ler reviews desses mesmos concertos, é uma das coisas mais banais que existem...

O banal que ele fala é andar a correr centenas de sites sobre música, quando agora pode fazer praticamente o mesmo apenas num. :-..

Eu apenas estava a referir-me às reviews dos concertos... se ele acha isso banal é lá com ele... ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que eu disse, é que isto não tem NADA de revolucionário porque quem quer obter esta informação, procura nas interwebs e sabe onde a vai encontrar, e como tal, este serviço é quanto muito, CONVENIENTE. O que o Walt disse é que isto é a melhor invenção desde o pão de forma, e que vai "revolucionar a forma como encaramos a música" o que é claramente, um LOL gigante. Depois de ter dito isto com todas as letras, o Walt ainda disse que eu não sei o que são factos depois de voltar a encher um post com quotes iguais às iniciais.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cá pra mim, para defender o Songkick com esta veemência, o Walt deve estar a receber comissão. :-..

Defender? É mais eu sentir na pele estarem a criticar só porque não lhes diz pouco ou nada.

Eu não critiquei, apenas fiz uma piada. ;)

Quanto ao site em si, é como o Batunaz disse. :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que eu disse, é que isto não tem NADA de revolucionário porque quem quer obter esta informação, procura nas interwebs e sabe onde a vai encontrar, e como tal, este serviço é quanto muito, CONVENIENTE. O que o Walt disse é que isto é a melhor invenção desde o pão de forma, e que vai "revolucionar a forma como encaramos a música" o que é claramente, um LOL gigante. Depois de ter dito isto com todas as letras, o Walt ainda disse que eu não sei o que são factos depois de voltar a encher um post com quotes iguais às iniciais.

Brevemente vai à secção de cinema, que tenho uma "prenda" guardada para ti. E aproveito e digo isto para fazer PUB. :P

Edited by Walt Sousa

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.