Jump to content

Love Is....


Prym3r
 Share

Recommended Posts

Love is accepting a no when you think the answer should be yes.

Love is embracing her pain the same way you adore her in the joyful moments.

Love is feeling her tears he same way you feel her laugh.

Love is making her strong if she’s feeling fragile.

Love is never taking Love for granted and never to be scared of show how you fell for her.

Love is giving her space when all you want is to be near her.

Love is offering silence when the words you got will break her in any way.

Love is saying the right words in the right moment even if you fell its wrong.

Love is never thinking you know it all but to learn each and every day.

Love is doing the unexpected.

Love is doing what she expects.

Love is screaming to the world the way she makes you fell.

Love is to forget the concept of lying.

Love is missing her when she´s gone, and cry if you need to.

Love is knowing that waiting can be the hardest part.

Love is not to impress her with gifts and money but being the thing that she needs or wants the most.

Love is not to be perfect but to complete her imperfections.

Love is not to be scared of tears purring out of us in front of her.

Love is not to see the world in her eyes but to be the world she needs.

Love is nothing and everything without even a kiss.

Love is not a walk, but a journey.

Love is not a song. It’s music itself.

Love is not a poem, but a poet.

Love is not a word.

Love can be pain, sorrow, joy, happiness or sadness.

Love is even letting her go if it needs to be…

Be her pillow if she needs to rest.

Be her warm water if she needs to bathe.

Be her food if she’s hungry.

Be her air if she´s suffocating.

Be her fragment if she´s incomplete.

Be her memory if she forgets.

Be her light if she´s in darkness.

Be her lover if she´s craving for it.

Be her hello after a goodbye.

Be her night and tomorrow after a long day.

Be her melody if she needs a song.

Be her everyone if no one is around.

Be her path if she´s lost.

Be her quest, not her hero.

Be the hand that catches her if she falls.

Be the color when all her surround is black and white.

Don’t be afraid to look stupid.

Don’t steal her hearth, give her yours.

Don’t think you´re worst or better than anyone else, just be the one she wants.

Give her your hand, respect her, and never let go.

We are born, we live and we die. Somewhere in between we find Love, but Love won’t last forever like a fairytale so cherish while it lasts, while the “Love you forever” moment still exists because time itself won’t last…

( dedicated to my forever till it ends )

Feedback e até "acrescentos" seriam apreciados :)

Edited by Prym3r
Link to comment
Share on other sites

anda assim tão mal por esses lados?

Há momentos assim, lá isso meu amigo.... eu que o diga ;)

Quantos passas anos da tua vida a dedicar-te a uma pessoa, e depois chegas à conclusão que não valeu a pena o "esforço"...

Link to comment
Share on other sites

anda assim tão mal por esses lados?

Há momentos assim, lá isso meu amigo.... eu que o diga ;)

Quantos passas anos da tua vida a dedicar-te a uma pessoa, e depois chegas à conclusão que não valeu a pena o "esforço"...

perdi 7. perdi oportunidade, perdi amigos, cometi erros enormes numa altura da vida que não o devia cometer. no entanto, anos depois, estou aqui de novo. Se é para voltar a cair ? O tempo o dirá... até porque o amor so existe do meu lado.

Edited by Prym3r
Link to comment
Share on other sites

perdi 7. perdi oportunidade, perdi amigos, cometi erros enormes numa altura da vida que não o devia cometer. no entanto, anos depois, estou aqui de novo. Se é para voltar a cair ? O tempo o dirá...

Isso é de ficar doido. Aqui não são 7, são 3, acho bastante mau na mesma...

Link to comment
Share on other sites

perdi 7. perdi oportunidade, perdi amigos, cometi erros enormes numa altura da vida que não o devia cometer. no entanto, anos depois, estou aqui de novo. Se é para voltar a cair ? O tempo o dirá...

Isso é de ficar doido. Aqui não são 7, são 3, acho bastante mau na mesma...

a dor nao é igual para todos, nao existe medida. Lá por terem sido 7 nao quer dizer que tenha sido pior que o teu caso, que eu tenha sofrido mais ou menos do que tu...

Seja como for, nem todos somos iguais. Por uma nao te ter "merecido", nao quer dizer que nao exista alguem que mereça ;)

( claro que quando nao se está na merda, é facil falar... e sei que te entra por um ouvido e sai por outro, mas nao custa nada o dizer ;) )

e quem me diz que não me espalharei outra vez....?

Edited by Prym3r
Link to comment
Share on other sites

tudo verdade.

mas tenho a certeza que passaste bons momentos nesses 7 ou 3 anos, e que nunca os has-de esquecer, e nao te deves arrepender deles, julgo eu...

a vida é mesmo assim...

Edited by iRule
Link to comment
Share on other sites

Sim,ainda por cima a idade que foi. entre os 15 e os 22.

Mas não te esqueças que infelizmente o que fica na memoria é o mau, se for realmente mau. e foi.

Não me arrependo de ter estado com ela,tivemos belos momentos, mas sim das decisões que foram feitas numa altura em que são importantes e que agora vejo que foram praticamente todos erradas =)

Demorou muito a sarar, mas hoje até falo com ela, ela é casada tem uma filhota. Life goes on....

Edited by Prym3r
Link to comment
Share on other sites

anda assim tão mal por esses lados?

Há momentos assim, lá isso meu amigo.... eu que o diga ;)

Quantos passas anos da tua vida a dedicar-te a uma pessoa, e depois chegas à conclusão que não valeu a pena o "esforço"...

Isso não é bem assim, a menos que ao longo desses 3 anos nunca tenhas retirado qualquer proveito. Há que aproveitar enquanto dura. Por essa ordem de ideias, porque não te suicidas? Faças o que fizeres vais sempre morrer portanto nessa altura também provavelmente pensarás "não valeu o esforço".

Link to comment
Share on other sites

anda assim tão mal por esses lados?

Há momentos assim, lá isso meu amigo.... eu que o diga ;)

Quantos passas anos da tua vida a dedicar-te a uma pessoa, e depois chegas à conclusão que não valeu a pena o "esforço"...

Isso não é bem assim, a menos que ao longo desses 3 anos nunca tenhas retirado qualquer proveito. Há que aproveitar enquanto dura. Por essa ordem de ideias, porque não te suicidas? Faças o que fizeres vais sempre morrer portanto nessa altura também provavelmente pensarás "não valeu o esforço".

true.

Link to comment
Share on other sites

You may not have it from the person you love. But you have it from the persons that care about you.

Like Gayi0n.

lol

Sim, o Love é complicado, por vezes, mas no fundo no fundo, acho que é útil e recomenda-se.

Jokinhas, quando um gajo cai, tem mais é de se levantar e seguir viagem. Ninguém disse que isto era fácil.

Link to comment
Share on other sites

anda assim tão mal por esses lados?

Há momentos assim, lá isso meu amigo.... eu que o diga ;)

Quantos passas anos da tua vida a dedicar-te a uma pessoa, e depois chegas à conclusão que não valeu a pena o "esforço"...

Toda a gente passa por isso.

E só através desses trambulhões é que aprendemos a ficar mais refinados.

Eu também senti que tinha perdido 6 anos da minha vida.

Mais... senti q tinha perdido a mulher da minha vida. Foi até hoje aquela que eu via como "a tal".

E ainda mais... quando acabámos, parecia que me tinham tirado o meu mundo. Não tinha quem amava e os amigos que pensava ter, já não os fui a tempo de recuperar.

Andei meses sozinho. Não imaginas a dor que era não teres ninguém.

Mas avancei e ganhei novos e grandes amigos.

Aprendi a valorizar-me novamente e ter confiança em mim.

Tenho agora 28 anos (isto foi há cerca de 1 ano e 8 meses) e sinto-me bem.

Pronto para outra novas oportunidades ;)

Tens de ter um certo tempo para te recompores. Para fazeres uma introspecção.

Aprender a amar-te. Não esperes que os outros o façam por ti.

A unica pessoa que podes amar verdadeiramente és tu, pois és tu que te controlas.

Vou usar um cliché mas que se adequa de facto muito bem e pleno de razão: O tempo cura tudo.

Vai custar, mas acredita que só depende de ti.

Queres uma dica?

Estás a ver o ponto na tua vida quando perdeste essa pessoa? Ok... esse ponto está algures no teu passado.

Já aconteceu. Por mais voltas que dês, esse ponto já aconteceu.

Agora, tu sempre que pensas nisso, voltas a recordar esse ponto no tempo, ou outros anteriores a esse.

O que quero dizer com isso? Que depende de ti revisitar esse passado.

Só vai doer se tu assim entenderes, porque esse acontecimento já passou!

Se tentares bloquear a "viagem" a esse ponto, não obtens os sentimentos ligados ao mesmo.

Confuso mas assim que perceberes, vais ver que se torna tudo muito mais facil.

Edited by tiagoalvin
Link to comment
Share on other sites

Eu já cai 3 vezes e já me levantei outras 3...

E se tiver de cair uma 4ª vez... Cai-se e volta-se a levantar.

Só quando for pra cova é que caio de vez :P

É óbvio que levantar pode ser um processo moroso e complicado. Mas lá está... O tempo é nosso amigo, e ajuda-nos a levantar.

Link to comment
Share on other sites

Toda a gente passa por isso.

E só através desses trambulhões é que aprendemos a ficar mais refinados.

Eu também senti que tinha perdido 6 anos da minha vida.

Mais... senti q tinha perdido a mulher da minha vida. Foi até hoje aquela que eu via como "a tal".

E ainda mais... quando acabámos, parecia que me tinham tirado o meu mundo. Não tinha quem amava e os amigos que pensava ter, já não os fui a tempo de recuperar.

Andei meses sozinho. Não imaginas a dor que era não teres ninguém.

Mas avancei e ganhei novos e grandes amigos.

Aprendi a valorizar-me novamente e ter confiança em mim.

Tenho agora 28 anos (isto foi há cerca de 1 ano e 8 meses) e sinto-me bem.

Pronto para outra novas oportunidades ;)

Tens de ter um certo tempo para te recompores. Para fazeres uma introspecção.

Aprender a amar-te. Não esperes que os outros o façam por ti.

A unica pessoa que podes amar verdadeiramente és tu, pois és tu que te controlas.

Vou usar um cliché mas que se adequa de facto muito bem e pleno de razão: O tempo cura tudo.

Vai custar, mas acredita que só depende de ti.

Queres uma dica?

Estás a ver o ponto na tua vida quando perdeste essa pessoa? Ok... esse ponto está algures no teu passado.

Já aconteceu. Por mais voltas que dês, esse ponto já aconteceu.

Agora, tu sempre que pensas nisso, voltas a recordar esse ponto no tempo, ou outros anteriores a esse.

O que quero dizer com isso? Que depende de ti revisitar esse passado.

Só vai doer se tu assim entenderes, porque esse acontecimento já passou!

Se tentares bloquear a "viagem" a esse ponto, não obtens os sentimentos ligados ao mesmo.

Confuso mas assim que perceberes, vais ver que se torna tudo muito mais facil.

Obrigado pelas tuas palavras. :y:

De qualquer forma, convém esclarecer que esta minha relação de 3 anos não terminou (ainda). Estamos separados, em período de reflexão (o que vulgarmente se designa por "dar um tempo"). Há acontecimentos recentes que me magoaram (não foi nenhuma traição, do mal o menos), e ao pensar nisso, só me quero afastar da pessoa. Por outro lado, amo-a tanto, que só quero estar perto dela. Não é confuso? Só quem já tenha passado por isto é que entende (e eu não sou o primeiro nem serei o último a quem isto acontece).

Link to comment
Share on other sites

Tens de ver se o amor que sentes por ela, consegue ser mais forte que a desilusão que ela te deu.

Tens também de sentir dentro de ti, que ela não te voltava a desiludir dessa maneira.

E por ultimo, existe coisas que não se perdoam, traição é uma dela. Mas não é o teu caso ;)

Link to comment
Share on other sites

ha beleza em estar junto com alguém, há beleza em estar sozinho, há beleza em estar apaixonado e mesmo assim sozinho, ha beleza na desilusão, há beleza na tristeza, ha beleza na maior solidão, o que quero quero dizer eh que seja em que situação a gente se encontre, há que procurar essa "beleza" e deixar o resto fluir naturalmente. para se estar realmente feliz eh preciso ter estado realmente triste.

Link to comment
Share on other sites

Como dizia um poeta:

"A cidade esta deserta

E alguém escreveu o teu nome em toda a parte

Nas

casas, nos carros,

Nas pontes, nas ruas...

Em todo o lado essa palavra repetida ao expoente da loucura

Ora amarga,ora doce

Para nos lembrar que o amor é uma doença

Quando nele julgamos ver a nossa cura"

Link to comment
Share on other sites

Como dizia um poeta:

"A cidade esta deserta

E alguém escreveu o teu nome em toda a parte

Nas

casas, nos carros,

Nas pontes, nas ruas...

Em todo o lado essa palavra repetida ao expoente da loucura

Ora amarga,ora doce

Para nos lembrar que o amor é uma doença

Quando nele julgamos ver a nossa cura"

ai está a maior verdade que existe sobre o amor!

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share

  • Recently Browsing   0 members

    • No registered users viewing this page.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.