Jump to content
Sign in to follow this  
X-static

Petição Online Contra Acordo Ortográfico

Recommended Posts

Um Manifesto/Petição contra o Acordo Ortográfico circula, desde sexta-feira, na Internet assinado por 19 personalidades portuguesas ligadas à cultura, política e economia que acusam a actual reforma da língua de ser «mal concebida», «desconchavada», «perniciosa» e «desnecessária».

Os signatários sustentam que o Acordo Ortográfico não tem condições para servir de base a qualquer proposta legal e convidam todos os utilizadores portugueses a assinarem a petição.

O manifesto está assinado por nomes como Eduardo Lourenço, José Pacheco Pereira, Mário Cláudio, Paulo Teixeira Pinto, Vasco Graça Moura ou Zita Seabra.

Recorde-se que a Assembleia da República debate no próximo dia 15 de Maio uma proposta de resolução do Governo que poderá determinar a ratificação do Acordo Ortográfico pelo Estado Português

Os interessados poderão assinar a petição a partir daqui.

Exame Informática

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Walt Sousa

Já assinei. Não quero reaprender a escrever. E se o português é nosso, das duas uma, ou os brasileiros se adaptam à maneira como escrevemos. ou que continuem como estão e deixem-nos como estamos. Amigo não empata amigo. Isso é um fato. *

* Desculpem, é um facto...

Share this post


Link to post
Share on other sites

como é que é sequer possível estar de acordo com este acordo dps de se ver as pérolas do Orkut??

é uma afronta e uma vergonha para o nosso país e sociedade!!

sinto que cada vez mais Portugal está a cair numa miséria exponencialmente crescente!!

Edited by JfoxPT

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Walt Sousa

Este acordo não vai para a frente, não pode ir...

...mas... se por acaso for (o que eu não me acredito)

Estou-me literalmente a cagar para ele, continuo a escrever da mesma maneira, como até hoje...

Para mim (com ou sem acordo) nada vai mudar...

Ora se eu não aceito o acordo, não lhe posso ter respeito...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu já li o que vai ser alterado e concordo com grande parte das alterações, há outras que não concordo mas não se pode ter tudo. Por isso não assino a petição.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Português é de Portugal se há alguém que tenha que mudar a maneira de escrever, não somos nós de certeza...

Isto é completamente ridículo... <_<

Share this post


Link to post
Share on other sites

É engraçado esta resistência à mudança. Eu confesso que ainda não aprofundei muito o assunto, mas não posso deixar de dizer isto: se os nossos antepassados fossem contra as mudanças, ainda hoje se escrevia "pharmácia", isto só para dar um simples exemplo. :)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Walt Sousa
É engraçado esta resistência à mudança. Eu confesso que ainda não aprofundei muito o assunto, mas não posso deixar de dizer isto: se os nossos antepassados fossem contra as mudanças, ainda hoje se escrevia "pharmácia", isto só para dar um simples exemplo. :)

Isso é um fato. :-..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não sei se já se deram conta do nacionalismo bacoco a que chegaram.

Com que então a Língua Portuguesa é propriedade de Portugal? :lol:

Os 400 milhões que falam português vivem aqui, neste monte de bosta à beira mar plantado, certo? Nós - 10 milhões dos quais uma meia-dúzia de intelectuais da merda - é que vamos ditando aos outros de que forma é que devem escrever?

Francamente... <_<

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Walt Sousa
Não sei se já se deram conta do nacionalismo bacoco a que chegaram.

Com que então a Língua Portuguesa é propriedade de Portugal? :lol:

Os 400 milhões que falam português vivem aqui, neste monte de bosta à beira mar plantado, certo? Nós - 10 milhões dos quais uma meia-dúzia de intelectuais da merda - é que vamos ditando aos outros de que forma é que devem escrever?

Francamente... <_<

Olha, andam a fazer clones de tugas à escondidas e eu não sabia... Sempre pensei que fôssemos (mais coisa, menos coisa) 200 milhões.

E aqui ninguém dita nada a ninguém, ninguém impõe nada e os outros tb não impingem a nós... O acordo é claramente zuca-ortográfico e por muito respeito que me mereça o Brasil, assim não...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Não sei se já se deram conta do nacionalismo bacoco a que chegaram.

Com que então a Língua Portuguesa é propriedade de Portugal? :lol:

Os 400 milhões que falam português vivem aqui, neste monte de bosta à beira mar plantado, certo? Nós - 10 milhões dos quais uma meia-dúzia de intelectuais da merda - é que vamos ditando aos outros de que forma é que devem escrever?

Francamente... <_<

Pois, é por isso que tá tudo a acabar, somos uns moles e n contestamos nada.. aceitamos tudo e calamos que nem umas mulas!

a questão é que cada vez mais perdemos o que é nosso!! já n basta a globalização dos mercados, os produtos cada vez mais a virem do estrangeiro e o que é tradicional vir a desaparecer, n por opção, mas antes por abafamento de produtos mais baratos e "melhores"

tá tudo a desaparecer... agora até já as superficies tradicionais estão-se a apagar.. com estas leis estúpidas e com a puta da ASAE sempre à perna!!

eu tenho pessoas conhecidas, donos de restaurantes e tascas no alentejo e a nossa lei para esses estabelecimentos é tão ridicula que até revolta!

como por exemplo, aqui em Portugal se és dono dum restaurante n podes comprar carne e congelá-la, ou a disponibilizas para consumo imediato no mesmo dia ou ent tens que ter uma máquina que ao congelar faz vácuo da carne ao mesmo tempo e que custa à volta de 15 mil euros! outro exemplo é um restaurante que comprar pacotes de manteiga grandes, tens que a consumir obrigatoriamente ao fim de 5 dias senão tem que ir para o lixo!

ora isto n é nada de especial para superficies de grandes dimensões tipo, mcdonalds, pizzahuts e mais uns tantos.. mas para tascas tradicionais que n levam mais de 15 pessoas a comer ao mesmo tempo torna-se mt complicado sobreviver!

isto até passava se fosse lei europeia, mas basta ir aqui ao lado a Espanha e essas leis já n se aplicam, só mesmo em Portugal.

assim como estes 2 exemplos que dei há dezenas a mais assim do género... é claro que a conclusão disto só pode ser má para nós, superficies típicas tradicionais a fecharem e cadeias de fast food por todo o lado!!

e já agora a palavra "facto", na dicção portuguesa, pronuncia-se mesmo com o "c". Portanto esta palavra n faz sentido nenhum ser alterada!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas vocês só falam de "factos", então e o resto que vai ser alterado?

Então se isto fosse um acordo gramatical e de sintaxe :- :lukevsbad:

E digo desde já no que não concordei no acordo

Queda do c no facto. Vamos ler facto e escrever fato. Para os zucas não importa, porque eles têm outra palavra para fato de vestir.

Vêem passar a Veem.

E mudava umas cenas na nova padronização do uso dos ífens.

Edited by Kopien

Share this post


Link to post
Share on other sites

Digam o que disserem, este acordo só existe porque os brasileiros há muitos anos que não vão ás aulas de Português.

Share this post


Link to post
Share on other sites

com que então vamos passar a escrever como os zucas?? :eek: não contem comigo :y:

tenho muito orgulho na minha língua. Quase 200 milhões de falantes em todo o mundo, podemos agradecê-lo à vasta população de determinados países do terceiro mundo, agora adaptar a língua para satisfazer os caprichos dessas populações??? NUNCA. As alterações que a língua portuguesa sofreu ao longo dos tempos são fruto de processos culturais e sociais nunca políticos. Isto para responder ao indivíduo que abordou o exemplo de "pharmácia". Querem um ver um trecho dum texto do século XIII? ´´Carta de D. Dinis ao papa João XXI a propósito da fundação da Universidade PORTUGUESA: "pois ficai a saber, hee necessario que tambeem aja avomdança de homens letrados, e muy sabedores(...)que seja feito nesta Cidade de Coimbra, que hee no meyo do Regno, e abastada de couzas necessarias, e asaaz temperada dos ares pera saude dos homens, e porem ante que ho pozesse em obra volo quis assi notificar pera me dizerdes vosso concelho, e parecer". Será que isto foi alterado por acordos ortográficos??? A maioria da população brasileira tem descendência nativa. Portanto concordo que falem e escrevam português com determinadas particularidades. Não devemos exigir que eles escrevam português de Camões pois sofreram todo o tipo de provações por nossa causa no passado. Mas se alguém tem de mudar não somos nós de certeza. :y: Eles que ocupem a selecção, que tirem o lugar a portugueses nos clubes, mas na língua não mexemos.

Edited by pombos

Share this post


Link to post
Share on other sites
com que então vamos passar a escrever como os zucas?? :eek: não contem comigo :y:

tenho muito orgulho na minha língua. Quase 200 milhões de falantes em todo o mundo, podemos agradecê-lo à vasta população de determinados países do terceiro mundo, agora adaptar a língua para satisfazer os caprichos dessas populações??? NUNCA. As alterações que a língua portuguesa sofreu ao longo dos tempos são fruto de processos culturais e sociais nunca políticos. Isto para responder ao indivíduo que abordou o exemplo de "pharmácia". Querem um ver um trecho dum texto do século XIII? ´´Carta de D. Dinis ao papa João XXI a propósito da fundação da Universidade PORTUGUESA: "pois ficai a saber, hee necessario que tambeem aja avomdança de homens letrados, e muy sabedores(...)que seja feito nesta Cidade de Coimbra, que hee no meyo do Regno, e abastada de couzas necessarias, e asaaz temperada dos ares pera saude dos homens, e porem ante que ho pozesse em obra volo quis assi notificar pera me dizerdes vosso concelho, e parecer". Será que isto foi alterado por acordos ortográficos??? A maioria da população brasileira tem descendência nativa. Portanto concordo que falem e escrevam português com determinadas particularidades. Não devemos exigir que eles escrevam português de Camões pois sofreram todo o tipo de provações por nossa causa no passado. Mas se alguém tem de mudar não somos nós de certeza. :y: Eles que ocupem a selecção, que tirem o lugar a portugueses nos clubes, mas na língua não mexemos.

:police: :police: :police:

Share this post


Link to post
Share on other sites
(...)

:police: :police: :police:

lol

O que está aqui em causa não é nacionalismo, até porque o nacionalismo só por si é parvo. A questão é que é uma alteração instantânea e sem nenhuma evolução natural... e que muito menos faz sentido, pelo menos gramaticalmente e foneticamente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

úmido?

teto?

fato?

ação?

Que merda é esta pah?

Já repararam que as merdas que mudam vão ficar como os brasileiros as dizem?

Xó foda-se. Era o que faltava!

Não tem nada a ver com ser patriota ou nacionalista. Tem a ver com a palhaçada que se está a fazer.

Share this post


Link to post
Share on other sites
úmido?

teto?

fato?

ação?

Que merda é esta pah?

Já repararam que as merdas que mudam vão ficar como os brasileiros as dizem?

Xó foda-se. Era o que faltava!

Não tem nada a ver com ser patriota ou nacionalista. Tem a ver com a palhaçada que se está a fazer.

QFT

Share this post


Link to post
Share on other sites

Duas ou três coisas, para quem não sabe.

O Português não nasceu em Portugal. O Português é uma variação do Latim, que nasceu em Itália como (quase) todos nós sabemos. Por isso, nada mais justo que falemos italiano, ou então, já agora, a língua morta que deu origem ao Português.

As alterações não são para se assemelharem ao "brasileiro", mas sim, para simplificar a escrita, de modo a que se escreva como se diz, sem aquelas regras "estúpidas" do "p" ou do "c" mudo que só servem para serem decorados na primária que se escreve assim porque sim, porque é assim, ponto final. Onde é que está o mal em as coisas mudarem para serem mais acessíveis a todos (não, não nos vai tornar mais burros, apenas, vamos dar menos erros de gramática nas palavras em que se escreve assim porque sim).

A palavra facto vai-se continuar a escrever com o "c" porque o "c" é dito. Eu digo "de facto", não "de fato".

Share this post


Link to post
Share on other sites
úmido?

teto?

fato?

ação?

Que merda é esta pah?

Já repararam que as merdas que mudam vão ficar como os brasileiros as dizem?

Xó foda-se. Era o que faltava!

Não tem nada a ver com ser patriota ou nacionalista. Tem a ver com a palhaçada que se está a fazer.

QFT

x2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essas regras não são só coisas para serem decoradas na primária. Servem essencialmente para definir a tónica das palavras. Tentem tirar o c de acção por exemplo para ver se se lê da mesma maneira.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.