Jump to content
Sign in to follow this  
Sean Paul

Jogadores Foram Aliciados Para Perder

Recommended Posts

Dois anos depois de os factos terem ocorrido, a Polícia Judiciária do Porto termina a investigação. O processo já está no DIAP para acusação pública, devendo a mesma recair apenas em Beto Andrade, um ex-jogador e agora empresário com ligações a Jorge Baidek.

Dois anos depois de os factos terem ocorrido, a Polícia Judiciária do Porto termina a investigação. O processo já está no DIAP para acusação pública, devendo a mesma recair apenas em Beto Andrade, um ex-jogador e agora empresário com ligações a Jorge Baidek.

Em causa está uma tentativa de aliciamento a jogadores do Penafiel ocorrida em Junho de 2006, antes do encontro entre os penafidelenses e a Naval 1.º de Maio, a contar para a 34.ª e última jornada da Liga 2005/06.

Segundo o que o CM apurou, Beto Andrade encontrou-se com Juninho Petrolina e Nuno Diogo, ambos jogadores do Penafiel, para que estes ajudassem a Naval a não descer de divisão. Deveriam fazer tudo para perder o jogo e receberiam em troca 30 mil euros, que seriam pagos também ao guarda-redes Nuno Santos.

Os jogadores garantem que recusaram a proposta e Beto Andrade, ouvido na PJ, assegurou que nunca aliciara os atletas. Confirmou, contudo, o encontro com os jogadores, dizendo depois que agira a mando de Jorge Baidek, outro empresário que pretenderia que aqueles atletas utilizassem os seus serviços.

A versão foi mais tarde desmentida pelo agente que já trabalhou com José Veiga. Baidek afirmou nunca ter pedido a Andrade que falasse com os jogadores, embora as chamadas telefónicas desse dia confirmem conversas entre os dois empresários antes e depois do encontro.

Ainda segundo o CM apurou, outro jogador que terá sido aliciado no mesmo encontro foi Wellington Oliveira. O central foi abordado por Sidney, médio do Braga e que jogou também no Penafiel, que lhe deu conta de que Beto estava disposto a dar 30 mil euros a quem ajudasse a Naval a ganhar o encontro. Wellington terá recusado a proposta.

A investigação da PJ não conseguiu determinar se houve qualquer interferência da Naval 1.º de Maio neste processo. Acreditam os investigadores que Beto Andrade agiu a mando de alguém mas não sabem de quem se trata.

Refira-se, ainda, que a Naval, presidida por Aprígio Santos, ganhou esse jogo por 1-0, mas os investigadores também não encontraram qualquer lance passível de sustentar a corrupção. O golo foi conseguido num contra-ataque, de forma aparentemente limpa.

A queixa que motivou a investigação da Judiciária foi feita pelo Vitória de Guimarães, que nesse ano desceu à Liga de Honra, onde se manteve durante uma época.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.