Jump to content
Sign in to follow this  
canhao

Tour De França - Etapa A Etapa

Recommended Posts

28a.jpg

Pagina oficial

As etapas

Os ciclistas

As equipas

Ciclismo

Jan Ullrich fora do Tour por suspeita de «doping»

O ciclista alemão Jan Ullrich e o espanhol Óscar Sevilla, assim como o director desportivo Rudy Pevenage, foram suspensos esta manhã pela T-Mobile, informou a equipa.

A decisão, que entra em vigor com efeito imediato, é consequência das acusações que implicam os referidos corredores na rede de doping que se encontra sob investigação em Espanha.

A equipa alemã também deidiu suspender «com efeito imediato» o seu director desportivo, o belga Rudy Pevenage, o homem que dirige a carreira de Ullrich nos últimos anos.

Ullrich era o único vencedor do Tour, em 1997, que figurava na lista de inscritos para esta edição da Volta à França que este sábado se inicia sendo apontado como o principal favorito à vitória, sucedendo a Lance Armstrong

Ivan Basso e Mancebo também afastados do Tour

O italiano Ivan Basso e o espanhol Francesco Mancebo foram afastados da Volta à França em bicicleta que amanhã se inicia com um prólogo em Estrasburgo, anunciaram fontes do Tour. A decisão deve-se ao envolvimento dos corredores num caso de doping em Espanha.

Basso, vencedor da edição deste ano do Giro de Itália, terminou no pódio as duas mais recentes Voltas francesas enquanto Mancebo classificou-se no quarto posto no Tour de 2005.

E começou o Tour de France ... ainda sem bicicletas mas já a causar vitimas

PS: Vou tentar manter isto actualizado ( ao nivel de classificações ) ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

O ciclismo tem sempre grandes casos de doping por mim desde que não seja o nosso José Azevedo fico contente espero que ele faça optimas provas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sérgio Paulinho não vai participar no Tour. O ciclista português surge entre os nomes divulgados pela organização da Volta à França como estando implicados no escândalo de doping que despoletou em Espanha, denominado "Operação Puerto".

Em conferência de imprensa, o director Christian Prudhomme, ladeado pelo ex-patrão da prova Jean Marie Leblanc, anunciou a exclusão da prova de vários ciclistas entre os quais Ivan Basso (CSC), Isidro Nozal, Alberto Contador, Joseba Beloki, Allan Davis (Astaná-Würth) e Francisco Mancebo (AG2R).

Olha o Sergio Paulinho foi-se :dumb:

Share this post


Link to post
Share on other sites

O ciclista espanhol Francisco Mancebo (AG2R) colocou hoje um ponto final na sua carreira, depois da exclusão da próxima edição da Volta a França por suspeitas de dopagem, anunciou o director-desportivo da equipa, Vincent Lavenu, em Estrasburgo.

"Encontrei-me com os directores desportivos para saber o que se passava. Ao pequeno-almoço já não tinha nenhuma dúvida, o Francisco disse-me 'Vou-me embora. Vou arrumar a bicicleta'", explicou Lavenu.

Francisco Mancebo, de 30 anos, 4º classificado na Volta a França de 2005, foi suspenso pela equipa AG2R, tal como outros três corredores, o alemão Jan Ullrich (T-Mobile), o espanhol Oscar Sevilla (T-Mobile) e o italiano Ivan Basso (CSC), depois da revelação de que os seus nomes estavam envolvidos num inquérito sobre o escândalo de dopagem em Espanha.

Parece que a palhaçada de quando o episódio da Festina no final dos anos 90 está de volta!!!

Há coisas que não percebo, será que estes ciclistas se dopam mesmo? Ou será que as restrições são muito rigidas?

Só acho é que para bem do ciclismo, de uma vez por todas, o assunto do doping tem que ser resolvido, senão a modalidade não tem futuro!!! Eu não digo extingui-lo porque isso é impossivel, mas se fosse como nas resantes modalidades já era bom, agora estar a impedir ciclistas, dos melhores do mundo de participarem na melhor corrida do mundo é muito estranho!!! E isto acontece todos os anos, e ninguem faz nada para resolver, é expulsa-los e pronto, será que os ciclistas são parvos e andam a dopar-se sempre propositadamente? Enfim!!! :dumb: :dumb: :dumb:

Edited by Green Hawk

Share this post


Link to post
Share on other sites
A equipa espanhola Astana-Wurth, da qual faz parte o português Sérgio Paulinho, está mesmo fora da edição deste ano da Volta a França, depois de a organização do Tour ter revelado esta tarde a lista oficial de inscritos para a prova que arranca amanhã em Estrasburgo.

A decisão acaba por ser a mais esperada face ao envolvimento da formação do país vizinho no escândalo de doping que abalou o mundo do ciclismo e que levou mesmo ao afastamento de vários ciclistas, entre eles Jan Ullrich e Ivan Basso, apontados como grandes favoritos ao triunfo final.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há coisas que não percebo, será que estes ciclistas se dopam mesmo? Ou será que as restrições são muito rigidas?

Só acho é que para bem do ciclismo, de uma vez por todas, o assunto do doping tem que ser resolvido, senão a modalidade não tem futuro!!! Eu não digo extingui-lo porque isso é impossivel, mas se fosse como nas resantes modalidades já era bom, agora estar a impedir ciclistas, dos melhores do mundo de participarem na melhor corrida do mundo é muito estranho!!! E isto acontece todos os anos, e ninguem faz nada para resolver, é expulsa-los e pronto, será que os ciclistas são parvos e andam a dopar-se sempre propositadamente? Enfim!!! :dumb: :dumb: :dumb:

As regras não são rígidas, o abuso é q é grande. O ciclismo é o desporto "topo de gama" do doping onde td se experimenta pela primeira vez e a tecnologia dopante está mais avançada, e os investimentos das equipas neste aspecto não é pequeno. Em alta competição não se anda só por prazer, é para ganhar mesmo. Esles andam sp no limite dos valores permitidos, e às vezes lá têm azar...

E sabem perfeitamente ao q andam, n é fácil esconder injecções quase diárias ou tranfusões sanguíneas, além de q a diferença de rendimento quando se usa este género de substãncias é bem notória.. é caso para perguntar é se andará lá algum completamente "limpo"...

Share this post


Link to post
Share on other sites

O norueguês Thor Hushovd foi o vencedor do prólogo que marcou o início do Tour, este ano fustigado pelo caso de doping que irrompeu em Espanha e fez algumas baixas no pelotão da mítica prova gaulesa.

Em Estrasburgo, o corredor da Credit Agricole percorreu o percurso de 7.1 quilómetros em 8:17 e vai usar amanhã à partida da etapa a camisola amarela, depois do abandono do heptacampeão da prova, o norte-americano Lance Armstrong.

Hushovd levou a melhor sobre o norte-americano George Hincapie, da Discovery Channel, que ficou 0.73 atrás do líder. O compatriota David Zabriskie, da CSC, ficou com o 3.º posto, a 4 segundos.

O português José Azevedo (Discovery Channel), que este ano enverga o dorsal n.º 1 de Armstrong, cumpriu o trajecto em 8:41, ficando em 49.º, 24 segundos atrás do vencedor.

A 1.ª etapa do Tour vai levar o pelotão a percorrer 184.5 quilómetros em redor de Estrasburgo.

Classificação do Prólogo

1. Thor Hushovd (Noriega / Credit Agricole ), 8:17

2. George Hincapie (EUA / Discovery Channel ), m.t.

3. David Zabriskie (EUA / Team CSC ), a 4 segundos

4. Sebastian Lang (Alemanha / Gerolsteiner ), a 4

5. Alejandro Valverde (Espanha / Caisse d'Epargne ), a 4

6. Stuart O'Grady (Austrália / Team CSC ), a 4

7. Michael Rogers (Austrália / T-Mobile ), a 6

8. Paolo Savoldelli (Itália / Discovery Channel ), a 8

9. Floyd Landis (EUA / Phonak ), a 9

10. Vladimir Karpets (Rússia / Caisse d'Epargne ), a 10

...

49. José Azevedo (Portugal / Discovery Channel ), a 24

Classificação geral:

1. Thor Hushovd (Noruega / Credit Agricole ), 8:17

2. George Hincapie (EUA / Discovery Channel ), m.t.

3. David Zabriskie (EUA / Team CSC ),a 4

4. Sebastian Lang (Alemanha / Gerolsteiner ), a 4

5. Alejandro Valverde (Espanha / Caisse d'Epargne ), a 4

6. Stuart O'Grady (Austrália / Team CSC ), a 4

7. Michael Rogers (Austrália / T-Mobile ), a 6

8. Paolo Savoldelli (Itália / Discovery Channel ), a 8

9. Floyd Landis (EUA / Phonak ), a 9

10. Vladimir Karpets (Rússia / Caisse d'Epargne ), a 10

...

49. José Azevedo (Portugal / Discovery Channel ), a 24

Data: Sabado, 1 Julho de 2006 - 15:27

Prologo

Share this post


Link to post
Share on other sites
O francês Jimmy Casper (Cofidis) venceu hoje a 1.ª etapa da Volta a França, impondo-se ao "sprint" no final de um percurso de 184,5 quilómetros, que permitiu ao norte-americano George Hincapie, companheiro de José Azevedo na Discovery Channel, ascender à liderança da geral individual.

Numa tirada delineada com partida e chegada a Estrasburgo, o noruegês Thor Hushovd (Crédit Agricole), que triunfou no prólogo e vestia de amarelo, foi o azarado do dia ao ser atingido por um espectador, provocando-se um golpe no braço direito.

Hushovd não caiu mas terminou a etapa a sangrar abundantemente, acabando ainda por se ver ultrapassado por Hincapie na classificação - o norueguês ocupa agora o 2.º lugar, a 2 segundos do camisola amarela.

O português José Azevedo terminou integrado no pelotão, na 104.ª posição, e desceu ao 52.º lugar da geral, a 26 segundos do colega de equipa George Hincapie.

Classificações:

- 1.ª ETAPA:

1. Jimmy Casper (França), Cofidis, 4.10.00 horas

2. Robbie McEwen (Austrália), Davitamon-Lotto, m.t.

3. Erik Zabel (Alemanha), Milram, m.t.

4. Daniele Bennati (Itália) Lampre-Fondital, m.t.

5. Luca Paolini (Itália), Liquigas, m.t.

6. Isaac Galvez (Espanha), Caisse d'Epargne-Illes Balears, m.t.

7. Stuart O'Grady (Austrália), Team CSC, m.t.

8. Bernhard Eisel (Áustria), Française des Jeux, m.t.

9. Thor Hushovd (Noruega), Crédit Agricole, m.t.

10. Oscar Freire (Espanha), Rabobank, m.t.

(...)

104. José Azevedo (Portugal), Discovery Channel, m.t.

- GERAL:

1. George Hincapie (EUA), Discovery Channel, 4.18.15 horas

2. Thor Hushovd (Noruega), Crédit Agricole, a 2

3. David Zabriskie (EUA), Team CSC, a 6

4. Sebastian Lang (Alemanha), Gerolsteiner, m.t.

5. Alejandro Valverde (Espanha), Caisse d'Epargne, m.t.

6. Stuart O'Grady (Austrália), Team CSC, m.t.

7. Michael Rogers (Austrália), T-Mobile, a 8

8. Paolo Savoldelli (Itália), Discovery Channel, a 10

9. Floyd Landis (EUA), Phonak, a 11

10. Benoît Vaugrenard (França), Française des Jeux, m.t.

(...)

52. José Azevedo (Portugal), Discovery Channel, a 26

1.ª etapa

O português José Azevedo (Discovery Channel) chegou hoje integrado no pelotão numa 2.ª etapa da Volta a França ganha ao "sprint" pelo australiano Robbie McEwen (Davitamon-Lotto) e que permitiu o regresso do norueguês Thor Hushovd (Crédit Agricole) ao comando da classificação geral.

Numa das tiradas mais longas do Tour deste ano (228,5 km), ligando Obernai a Esch-sur-Alzette, no Luxemburgo, McEwen levou a melhor sobre os restantes especialistas nas chegadas em pelotão compacto, deixando o belga Tom Boonen (Quick-Step-Innergetic) e Hushovd nas posições imediatas.

O norueguês, que ganhou o prólogo e havia perdido a camisola amarela ontem após ter sido atingido por um espectador, beneficiou das bonificações para voltar a vestir o símbolo de líder que estava na posse do norte-americano George Hincapie, companheiro de Azevedo na Discovery Channel.

Classificações:

- 2.ª ETAPA:

1. Robbie McEwen (Austrália), Davitamon-Lotto, 5.36.14 horas

2. Tom Boonen (Bélgica), Quick-Step-Innergetic, m.t.

3. Thor Hushovd (Noruega), Crédit Agricole, m.t.

4. Oscar Freire (Espanha), Rabobank, m.t.

5. Daniele Bennati (Itália), Lampre-Fondital, m.t.

6. Luca Paolini (Itália), Liquigas, m.t.

7. Stuart O'Grady (Austrália), Team CSC, m.t.

8. Bernhard Eisel (Áustria), Française des Jeux, m.t.

9. Erik Zabel (Alemanha), Milram, m.t.

10. Peter Wrolich (Áustria), Gerolsteiner, m.t.

(...)

62. José Azevedo (Portugal), Discovery Channel, m.t.

- GERAL:

1. Thor Hushovd (Noruega), Crédit Agricole, 9.54.19 horas

2. Tom Boonen (Bélgica), Quick-Step-Innergetic, a 5 segundos

3. Robbie McEwen (Austrália), Davitamon-Lotto, a 8

4. George Hincapie (EUA), Discovery Channel, a 10

5. Alejandro Valverde (Espanha), Caisse d'Epargne-Illes Balears, a 16

6. Stuart O'Grady (Austrália), Team CSC, m.t.

7. Michael Rogers (Austrália), T-Mobile, a 18

8. Paolo Savoldelli (Itália), Discovery Channel, a 20

9. Floyd Landis (EUA), Phonak, a 21

10. Manuel Quinziato (Itália), Liquigas, a 24

(...)

49. José Azevedo (Portugal), Discovery Channel, a 36

2ª Etapa

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Hushovd foi atingido por uma daquelas mãos gigantes de publicidade que costumamos ver durante as provas no Tour... Eu bem sabia que mais cedo, mais tarde, algo do genero iria acontecer... As pessoas quase que se metem no meio da estrada, impedindo o caminho aos ciclistas.

Lembro-me dum tour há 2 ou 3 anos em que ia o armstrong e o mayo a subir sozinhos e o mayo é puxado por um saco de plástico, ficando para trás.

A minha questao é: quando é que as pessoas começam a ter mais cabeça e juizo, para que os ciclistas estejam em segurança?

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Hushovd foi atingido por uma daquelas mãos gigantes de publicidade que costumamos ver durante as provas no Tour... Eu bem sabia que mais cedo, mais tarde, algo do genero iria acontecer... As pessoas quase que se metem no meio da estrada, impedindo o caminho aos ciclistas.

Lembro-me dum tour há 2 ou 3 anos em que ia o armstrong e o mayo a subir sozinhos e o mayo é puxado por um saco de plástico, ficando para trás.

A minha questao é: quando é que as pessoas começam a ter mais cabeça e juizo, para que os ciclistas estejam em segurança?

Pior ainda foi à uns 5ou6 anos, um gajo para tirar uma foto derrubou o Jiuseppe Guerin, ou lá como se escreve, da Telekom e lhe retirou uns bons 50s, e por pouco não perdia a etapa!! O publico n sabe ver ciclismo, pensam que os ciclistas conseguem ganhar asas e voar para se desviar deles!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pior ainda foi à uns 5ou6 anos, um gajo para tirar uma foto derrubou o Jiuseppe Guerin, ou lá como se escreve, da Telekom e lhe retirou uns bons 50s, e por pouco não perdia a etapa!! O publico n sabe ver ciclismo, pensam que os ciclistas conseguem ganhar asas e voar para se desviar deles!!!

Se é o mesmo q me estou a lembrar foi demais, o gajo a subir lá no Alto do Huez ou lá o q é, com uma multidão q só deixava p aí um metro de largura de estrada, e um palerma pôs-se à frente p tirar foto e chocaram...já foi mt triste, mas se perdesse a etapa por isso era o cúmulo. Há cum cada anormal..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pior ainda foi à uns 5ou6 anos, um gajo para tirar uma foto derrubou o Jiuseppe Guerin, ou lá como se escreve, da Telekom e lhe retirou uns bons 50s, e por pouco não perdia a etapa!! O publico n sabe ver ciclismo, pensam que os ciclistas conseguem ganhar asas e voar para se desviar deles!!!

Se é o mesmo q me estou a lembrar foi demais, o gajo a subir lá no Alto do Huez ou lá o q é, com uma multidão q só deixava p aí um metro de largura de estrada, e um palerma pôs-se à frente p tirar foto e chocaram...já foi mt triste, mas se perdesse a etapa por isso era o cúmulo. Há cum cada anormal..

Não tenho muita ideia disso. Aquele publico por vezes mete impressao, entao fico mesmo :ranting: quando sao as subidas e o ciclista só vê prai 5 palmos de estrada à frente, com as pessoas quase a sufocarem o homem... Entao quando era o Lance, esquece. Era a loucura.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não é lance... È REI LANCE :P eehehhe O maior.. Doping têm todos.. Conheço gente desse meio e a nivel nacional ja metem qto mais a este nivel.. Têm laboratorios a trabalhar so para eles.. Fazem trasnfusoes de sangue com sangue deles mm so que com mais globos vermelhos logo mais oxigenado etc... Doping a 500% ...

Share this post


Link to post
Share on other sites
O alemão Mathias Kessler (T-Mobile) venceu hoje a 3.ª etapa da Volta a França, escapando-se nos últimos quilómetros para terminar com 5 segundos de vantagem sobre o pelotão, num dia marcado por algumas quedas e abandonos, além de nova mudança na camisola amarela - o belga Tom Boonen (Quick-Step) é agora o líder da prova.

Numa tirada que ligou Esch-sur-Alzette, no Luxemburgo, a Valkenburg, na Holanda, na distância de 216 km, o português José Azevedo conseguiu escapar às quedas que obrigaram à desistência do espanhol Alejandro Valverde (apontado como um dos candidatos à vitória no Tour deste ano), o holandês Erik Dekker e o norte-americano Fred Rodriguez, terminando integrado no grupo principal, no 35.º lugar.

Um fuga de 5 ciclistas - Jens Voigt, Jérôme Pineau, José Luis Arrieta, Christophe Laurent e David Etxebarria - animou o dia, chegando a dispor de uma vantagem superior a 6 minutos. Arrieta acabou por ser o que resistiu mais tempo, sendo alcançado a 2 quilómetros da meta, momento em que Kessler lançou o seu ataque decisivo para a vitória.

Na meta, o alemão foi seguido pelo compenheiro de equipa Michael Rogers, que é agora o segundo classificado da geral, a apenas 1 segundo do novo camisola amarela, Tom Boonen, 3.º na etapa de hoje.

Quanto a Azevedo, o português acabou por dar mais um "salto" na classificação, ocupando agora a 28.ª posição, a 31 segundos do primeiro.

Classificações:

- 3.ª ETAPA:

1. Matthias Kessler (Alemanha), T-Mobile, 4.57.54 horas

2. Michael Rogers (Austrália), T-Mobile, a 5 segundos

3. Daniele Bennati (Itália), Lampre-Fondital, m.t.

4. Tom Boonen (Bélgica), Quick-Step-Innergetic, m.t.

5. Erik Zabel (Alemanha), Milram, m.t.

6. Luca Paolini (Itália), Liquigas, m.t.

7. Oscar Freire (Espanha), Rabobank, m.t.

8. Eddy Mazzoleni (Itália), T-Mobile, m.t.

9. Georg Totschnig (Áustria), Gerolsteiner, m.t.

10. Fabian Wegmann (Alemanha), Gerolsteiner, m.t.

(...)

35. José Azevedo (Portugal), Discovery Channel, m.t.

- GERAL:

1. Tom Boonen (Bélgica), Quick-Step-Innergetic, 14.52.23 horas

2. Michael Rogers (Austrália), T-Mobile, a 1 segundo

3. George Hincapie (EUA), Discovery Channel, a 5

4. Thor Hushovd (Noruega), Crédit Agricole, a 7

5. Paolo Savoldelli (Itália), Discovery Channel, a 15

6. Daniele Bennati (Itália), Lampre-Fondital, m.t.

7. Floyd Landis (EUA), Phonak, a 16

8. Vladimir Karpets (Rússia), Caisse d'Epargne-Illes Baleares, a 17

9. Serguei Gonchar (Ucrânia), T-Mobile, m.t.

10. Matthias Kessler (Alemanha), T-Mobile, m.t.

(...)

28. José Azevedo (Portugal), Discovery Channel, a 31

3ª Etapa

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já não bastava o tour não contar com as principais figuras como o ulrich ou o basso, ainda se lesionou o valverde. Vamos lá a ver se quando chegar a montanha ainda lá está alguém com algum estatuto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já não bastava o tour não contar com as principais figuras como o ulrich ou o basso, ainda se lesionou o valverde. Vamos lá a ver se quando chegar a montanha ainda lá está alguém com algum estatuto.

Bem eu não sei, mas apesar de tudo o Zé está a ter sorte!!! E assim acredito mais na sua vitória!! Aliada à vitória no Mundial, e a super retoma economica, em que vamos crescer acima da média da UE, e a minha passagem po 4º ano, futuro 1º de bolonha, vai ser tudo excelente ou não!!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quem ainda ganha isto vai ser o o ex colega do azevedo na discovery Floyd Landis decorem este nome.. Foi ele que subia quase tudo com o amstrong qdo o zevedo falhava... Atenção a este nome.. Nao sei se vces acompanham mt ou nao, mas se sim, sabem bem quem é este senhor...

Share this post


Link to post
Share on other sites
O australiano Robbie McEwen (Davitamon-Lotto) somou a segunda vitória na Volta a França deste ano, voltando a impor-se no "sprint" final da 4.ª etapa (já havia ganho a 2.ª), que não provocou alterações na classificação geral, liderada pelo belga Tom Boonen (Quick Step) com 1 segundo de vantagem sobre o australiano Michael Rogers (T-Mobile).

A tirada ligou Huy (Bélgica) a Saint-Quentin (França), na distância de 207 quilómetros, e voltou a ser marcada pelas quedas, com especial destaque para as sofridas pelo espanhol Iban Mayo (Euskaltel), que conseguiu recuperar e reintegrar o pelotão, e pelo australiano Julian Dean (Crédit Agricole), já com a meta à vista.

O dia foi animado por uma fuga de 5 ciclistas - o espanhol Egoi Martinez (Discovery Channel), o britânico Bradley Wiggins (Cofidis) e os franceses Laurent Lefevre (Bouygues Telecom), Cédric Coutouly (Agritubel) e Christophe Mengin (Française des Jeux) -, que chegaram a contar com mais de 4 minutos de vantagem sobre o grosso do pelotão mas foram alcançados à entrada do último quilómetro.

No "sprint" pela vitória na etapa - já sem o veterano alemão Erik Zabel na luta, depois de ter sofrido um furo -, McEwen voltou a ser o mais forte, superando os espanhóis Isaac Galvez (Caisse d'Epargne-Illes Balears) e Oscar Freire (Rabobank).

O português José Azevedo (Discovery Channel) chegou com o mesmo tempo do vencedor e ocupa a 30.ª posição na geral, a 31 segundos de Tom Boonen.

Classificações:

- 4.ª ETAPA:

1. Robbie McEwen (Austrália), Davitamon-Lotto, 4.59.50 horas

2. Isaac Galvez (Espanha), Caisse d'Epargne-Illes Balears, m.t.

3. Oscar Freire (Espanha), Rabobank, m.t.

4. Thor Hushovd (Noruega), Crédit Agricole, m.t.

5. Tom Boonen (Bélgica), Quick Step-Innergetic, m.t.

6. David Kopp (Alemanha), Gerolsteiner, m.t.

7. Daniele Bennati (Itália), Lampre-Fondital, m.t.

8. Francisco Ventoso (Espanha), Saunier Duval, m.t.

9. Michael Albasini (Suíça), Liquigas, m.t.

10. Bernhard Eisel (Áustria), Française des Jeux, m.t.

(...)

76. José Azevedo (Portugal), Discovery Channel, m.t.

- GERAL:

1. Tom Boonen (Bélgica), Quick Step-Innergetic, 19.52.13 horas

2. Michael Rogers (Austrália), T-Mobile, a 1 segundo

3. George Hincapie (EUA), Discovery Channel, a 5

4. Thor Hushovd (Noruega), Crédit Agricole, a 7

5. Egoi Martinez (Espanha), Discovery Channel, a 10

6. Robbie McEwen (Austrália), Davitamon-Lotto, a 12

7. Paolo Savoldelli (Itália), Discovery Channel, a 15

8. Daniele Bennati (Itália), Lampre-Fondital, m.t.

9. Floyd Landis (EUA), Phonak, a 16

10. Vladimir Karpets (Rússia), Caisse d'Epargne-Illes Balears, a 17

(...)

30. José Azevedo (Portugal), Discovery Channel, a 31

4.ª etapa

O espanhol Oscar Freire (Rabobank) foi o vencedor da 5.ª etapa da Volta a França, disputada entre Beauvais e Caen (225 km), batendo no "sprint" final o belga Tom Boonen (Quick Step-Innergetic), que reforçou a liderança na classificação geral.

Numa etapa marcada pela fuga do francês Samuel Dumoulin (AG2R Prevoyance) e do alemão Björn Schröder (Team Milram), que chegaram a ter mais de 12 minutos de vantagem, o pelotão acabou por chegar compacto à meta após anular a escapada a menos de 5 quilómetros do final.

O português José Azevedo (Discovery Channel) terminou integrado no grosso da coluna, no 91.º lugar, acabando por subir à 27.ª posição, a 43 segundos de Boonen - o belga beneficiou das bonificações para aumentar a vantagem sobre os perseguidores, detendo agora 13 segundos de diferença para o australiano Michael Rogers (T-Mobile).

Classificações:

- 5.ª ETAPA:

1. Oscar Freire (Espanha), Rabobank, 5.18.50 horas

2. Tom Boonen (Bélgica), Quick Step-Innergetic, m.t.

3. Inaki Isasi (Espanha), Euskaltel-Euskadi, m.t.

4. David Kopp (Alemanha), Gerolsteiner, m.t.

5. Robbie McEwen (Austrália), Davitamon-Lotto, m.t.

6. Alessandro Ballan (Itália), Lampre-Fondital, m.t.

7. Thor Hushovd (Noruega), Crédit Agricole, m.t.

8. Francisco Ventoso (Espanha), Saunier Duval, m.t.

9. Erik Zabel (Alemanha), Milram, m.t.

10. Bernhard Eisel (Áustria), Française des Jeux, m.t.

(...)

91. José Azevedo (Portugal), Discovery Channel, m.t.

- GERAL:

1. Tom Boonen (Bélgica), Quick Step-Innergetic, 25.10.51 horas

2. Michael Rogers (Austrália), T-Mobile, a 13 segundos

3. Oscar Freire (Espanha), Rabobank, a 17

4. George Hincapie (EUA), Discovery Channel, m.t.

5. Thor Hushovd (Noruega), Crédit Agricole, a 19

6. Robbie McEwen (Austrália), Davitamon-Lotto, a 24

7. Paolo Savoldelli (Itália), Discovery Channel, a 27

8. Floyd Landis (EUA), Phonak, a 28

9. Vladimir Karpets (Rússia), Caisse d'Epargne-Illes Balears, a 29

10. Serhiy Honchar (Ucrânia), T-Mobile, m.t.

(...)

27. José Azevedo (Portugal), Discovery Channel, a 43

5.ª etapa

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus amigos comecei mm a ver a serio o tour france após o lance ter ganho o 1 tour em 99, epa esse Senhor era demais era o delirio o gajo a sbir na montanha... então lembro me bem acho que ha 2 anos atrás quando ia ele e o ullrich ja na parte final de uma subida e o Lance só lhe mete uma abixo hhiih descola do Ullrich como uma flecha, para além do que ele passou tornou se de facto num dos maiores atletas de sempre.

Face a este Tour atenção ainda a muitos nomes como Vladimir Karpets, Savoldelli, Honchar. Landis, O grande companheiro tmb de Lance - Hincapie e claro o nosso Azevedo . Boa Sorte para ele

PS: Este ano ainda n tive oportunidade de ver nenhuma etapa mas tmb as de montanha ainda tão para vir :P

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus amigos comecei mm a ver a serio o tour france após o lance ter ganho o 1 tour em 99, epa esse Senhor era demais era o delirio o gajo a sbir na montanha... então lembro me bem acho que ha 2 anos atrás quando ia ele e o ullrich ja na parte final de uma subida e o Lance só lhe mete uma abixo hhiih descola do Ullrich como uma flecha, para além do que ele passou tornou se de facto num dos maiores atletas de sempre.

O único ciclista que vi fazer frente ao Lance foi o Senhor pirata italiano que já morreu o Marco Pantani.

Isto já não dá na 2 mas continua a dar na Eurosport não??

Já agora quando é que começam as etapas de montanha. Essas é que dão prazer de ver.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus amigos comecei mm a ver a serio o tour france após o lance ter ganho o 1 tour em 99, epa esse Senhor era demais era o delirio o gajo a sbir na montanha... então lembro me bem acho que ha 2 anos atrás quando ia ele e o ullrich ja na parte final de uma subida e o Lance só lhe mete uma abixo hhiih descola do Ullrich como uma flecha, para além do que ele passou tornou se de facto num dos maiores atletas de sempre.

O único ciclista que vi fazer frente ao Lance foi o Senhor pirata italiano que já morreu o Marco Pantani.

Isto já não dá na 2 mas continua a dar na Eurosport não??

Já agora quando é que começam as etapas de montanha. Essas é que dão prazer de ver.

E dá todos os dias com o grande MArco Chagas a comentar, na RTP Notícias.

Boa thread Canhão, é mais uma achega para o vício do ciclismo :-..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus amigos comecei mm a ver a serio o tour france após o lance ter ganho o 1 tour em 99, epa esse Senhor era demais era o delirio o gajo a sbir na montanha... então lembro me bem acho que ha 2 anos atrás quando ia ele e o ullrich ja na parte final de uma subida e o Lance só lhe mete uma abixo hhiih descola do Ullrich como uma flecha, para além do que ele passou tornou se de facto num dos maiores atletas de sempre.

O único ciclista que vi fazer frente ao Lance foi o Senhor pirata italiano que já morreu o Marco Pantani.

Isto já não dá na 2 mas continua a dar na Eurosport não??

Já agora quando é que começam as etapas de montanha. Essas é que dão prazer de ver.

Houve uma etapa de montanha há uns 4 ou 5 anos(mais ou menos qd comecei a ver ciclismo), o Pantani isolou-se do pelotão da frente, ganhou um bom tempo e o Lance sozinho, foi buscá-lo e acabaram os 2 lado a lado a etapa. Foi das etapas mais emocionantes que vi :)

Share this post


Link to post
Share on other sites
O australiano Robbie McEwen (Davitamon-Lotto) somou hoje o 3.º triunfo em etapas na Volta a França deste ano, impondo-se novamente ao "sprint" na chegada a Vitré - após 189 km desde Lisieux -, na 6.ª tirada da prova, que continua com o belga Tom Boonen (Quick Step-Innergetic) na liderança.

Os franceses Florent Brard (Caisse d'Epargne) e Anthony Geslin (Bouygues Telecom) e o sueco Magnus Backstedt (Liquigas) foram os grandes animadores do dia, integrando uma fuga em que tiveram mais de 5 minutos de vantagem sobre o pelotão, mas a etapa voltou a ser decidida pelos homens mais rápidos, em mais uma chegada compacta.

O português José Azevedo (Discovery Channel) terminou também integrado no pelotão - no 83.º lugar -, mantendo-se em 27.º, a 51 segundos do líder Tom Boonen, que hoje se voltou a mostrar incapaz de chegar à vitória na tirada, terminando em 3.º lugar.

McEween, após esta 3.ª vitória em etapas, ascendeu à 2.ª posição da geral, a 12 segundos do camisola amarela. O também australiano Michael Rogers (T-Mobile) desceu ao 3.º lugar, a 21 segundos de Boonen.

Amanhã, os ciclistas enfrentam o primeiro teste importante quanto à definição dos lugares cimeiros, com a disputa de um contra-relógio individual na distância de 52 quilómetros, entre Saint-Grégoire e Rennes.

Classificações:

- 6.ª ETAPA:

1. Robbie McEwen (Austrália), Davitamon-Lotto, 4.10.17 horas

2. Daniele Bennati (Itália), Lampre-Fondital, m.t.

3. Tom Boonen (Bélgica), Quick Step-Innergetic, m.t.

4. Bernhard Eisel (Áustria), Française des Jeux, m.t.

5. Thor Hushovd (Noruega), Crédit Agricole, m.t.

6. Oscar Freire (Espanha), Rabobank, m.t.

7. Erik Zabel (Alemanha), Milram, m.t.

8. Luca Paolini (Itália), Liquigas, m.t.

9. Gert Steegmans (Bélgica), Davitamon-Lotto, m.t.

10. Inaki Isasi (Espanha), Euskaltel-Euskadi, m.t.

(...)

83. José Azevedo (Portugal), Discovery Channel, m.t.

- GERAL:

1. Tom Boonen (Bélgica), Quick Step-Innergetic, 25.10.51 horas

2. Robbie McEwen (Austrália), Davitamon-Lotto, a 12 segundos

3. Michael Rogers (Austrália), T-Mobile, a 21

4. Oscar Freire (Espanha), Rabobank, a 25

5. George Hincapie (EUA), Discovery Channel, m.t.

6. Thor Hushovd (Noruega), Crédit Agricole, a 27

7. Paolo Savoldelli (Itália), Discovery Channel, m.t.

8. Floyd Landis (EUA), Phonak, a 36

9. Vladimir Karpets (Rússia), Caisse d'Epargne-Illes Balears, a 37

10. Serhiy Honchar (Ucrânia), T-Mobile, m.t.

(...)

27. José Azevedo (Portugal), Discovery Channel, a 51

6ª Etapa

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.