Jump to content
Sign in to follow this  
invocator

Mais Uma Morte Inexplicável No Futebol

Recommended Posts

O defesa francês do Utrecht, David Di Tommaso, de 26 anos, morreu, durante esta madrugada, enquanto dormia, anunciou hoje o clube holandês. Em comunicado, o Utrecht informa que o jogador morreu "de maneira completamente inesperada", sendo que "as circunstâncias que explicariam" a sua morte estão ainda por apurar. David Di Tommaso, que no ano passado foi eleito o melhor jogador do Utrecht pelos adeptos do clube, representou ainda o Mónaco e o Sedan, bem como a selecção francesa de esperanças. Mais um jovem, ainda por cima um atleta de alta competição que supostamente será muito melhor acompanhado em termos médicos do que qualquer um de nós, falece subitamente sem uma explicação plausível, pelo menos por agora.

Enquanto a medicina não consegue dar-nos respostas concretas, vamos tendo de nos conformar com estas fatalidades. Infelizmente, são factos trágicos que vão continuar a acontecer, nem sendo necessário falar dos registos de casos graves que só em Portugal abrangem atletas como Miki Fehér, Hugo Cunha, Bruno Baião ou o basquetebolista Paulo Pinto.

in Megafone

:(

Share this post


Link to post
Share on other sites

já há uns tempos o disse: o ritmo imposto no futebol de hoje em dia não é suportável a todos os organismos. Para o ser tem de haver manhas. Manhas essas que infelizmente podem culminar nisto. È triste, mas se foi a dormir menos mal, nao sofreu.

Share this post


Link to post
Share on other sites
já há uns tempos o disse: o ritmo imposto no futebol de hoje em dia não é suportável a todos os organismos. Para o ser tem de haver manhas. Manhas essas que infelizmente podem culminar nisto. È triste, mas se foi a dormir menos mal, nao sofreu.

O pessoal tem sempre a mania de falar no Doping quando isto acontece. Mas o que é certo é que todos estes casos acabam sempre por resultar de problemas congénitos, de mal-formações do coração.

Recordo sempre o caso de 'Pistol' Pete maravich, antiga estrela da NBA : fez a sua carreira toda, normalmente, retirou-se e aos 40 anos, enquanto se divertia na rua a jogar 3 para 3, caiu fulminado. Resultado da autópsia: ele só tinha uma das duas artérias coronárias. E jogou assim a vida toda, sem sequer desconfiar...

Por falar nisso, acrescente-se à lista de mortes a de Jason Collier, poste dos Atlanta Hawks, há cerca de um mês e meio atrás.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.