Jump to content

HERiTAGE

Elite Members
  • Content Count

    18,764
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    26

HERiTAGE last won the day on December 16 2019

HERiTAGE had the most liked content!

Community Reputation

3,577 Excellent

About HERiTAGE

Contact Methods

  • Website URL
    http://
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    The Wonderful State Of Denial

Recent Profile Visitors

4,603 profile views
  1. Eu percebo o investimento na educação do filho, mas isso n pode ser uma daquelas coisa de assunto resolvido pq é o meu filho e pronto. Os outros tb têm filhos e tb gostavam de poder dar o melhor aos filhos. Dá quase a ideia de q quem mete os filhos no público, é pq prefere gastar o dinheiro em raspadingas, cerveja e tabaco, em vez de meter o puto no St. Julians com o filho do embaixador. Meu caro é uma escolha tua. Se calhar houve quem n escolhesse pq viu q n dava para tudo. E ainda estou para saber quem é q é necessitado e faz o milagre de juntar 300 ou 400 euros por mês (fora o resto) para investir na educação do filho. N bate a bota com a perdigota... Desculpem lá a tacanhez. É q das duas uma, ou esta nova medida vai afetar meia dúzia de milagreiros q para aí andam, ou então é uma medida q vai afetar necessitados q na realidade se calhar n são, enquanto diminui ao serviço do estado. Tb acho q isto é do mais simples de perceber q existe.
  2. HERiTAGE

    Noticias Gaming

    Para Gameboy. Era tão, mas tão agarrado a este jogo. Mas o jogo de futebol que mais joguei só pode ter sido o SWOS, seguido muito próximo do ISS Pro Evolution.
  3. É a tal história do gajo que compra o vídeo mas depois n tem dinheiro para a televisão. Um pai que tenha dificuldades em comprar os manuais escolares para os filhos, primeiro tem de considerar a hipótese do filho ir para o ensino público, se vir que depois de pagas as contas todas lhe faltar dinheiro para uma coisa básica como os livros. Eu n posso ter necessidades e ao mesmo tempo dar-me ao luxo de arrotar 300/400 euros (ou mais) para ter o rebento no colégio. Quem pensa assim no colégio dos filhos, certamente não estará muito longe de pensar igual na saúde (privado), ou na alimentação (tudo de marca), ou na casa (acima das posses), ou etc, etc. Cada um pode e deve gastar o dinheiro como bem entende, mas andamos todos no mesmo barco e se eu quiser andar de Ferrari e vestir Armani, perco um pouco a legitimidade para a seguir pedir emprestado dinheiro a um vizinho para meter gasolina no carro ou para comprar roupa para sair à rua... Há um mínimo. E se puserem as coisas de modo inverso. Se esse pai que gasta o dinheiro como entende (e bem), se metesse o puto no público e poupasse o dinheiro da mensalidade. Será que ainda deveria ser considerado necessitado e ptt ter direito aos livros? Tem mais no mínimo uns 300 euros ao fim do mês q agora pode gastar no que quiser. Pergunta legítima! Qual é o rendimento mínimo que está em cima da mesa para que uma pessoa seja considerada necessitada?
  4. Necessidade de ter estudado mais... Ou de ir mas é trabalhar.
  5. Se o Mendes ganhar o Oscar, é carrossel?
  6. Um pai com necessidades q mete o filho no privado, se calhar tem necessidade mas é de ter noção.
  7. Principalmente no imobiliário, penso eu. Malta q investe em imóveis para render ou p vir para a reforma. Conheço alguns casos de um e de outro.
  8. E ainda por cima os idosos são particularmente vulneráveis
  9. HERiTAGE

    Luanda Leaks

    Só se for alguém que não sabe distinguir o cú das calças, mas isso n me espantava nada...
  10. HERiTAGE

    Desabafos

    A sociedade é culpada pelos meus erros. E novidades?
  11. O zuca é muito dado a modas. Lisboa e PT está na moda... Aliado à fuga que está a acontecer no BR por causa do Bolsonaro e aí temos alguns dos 200M q são suficientes para se notar a sua presença em PT (só somos 10M). O Brexit tb terá algum peso nisto pq há malta BR que em alternativa vem para PT. Quando vier a próxima crise e/ou qd PT passar a ficar "out", volta tudo ou para lá ou salta tudo para as Franças, Alemanhas, etc, como de costume. Só cá ficam os q decidem passar cá a reforma e os que sempre cá ficariam de uma forma ou de outra.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.