Jump to content

Tato

Power Members
  • Content Count

    104
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

8 Neutral

About Tato

  • Rank
    Membro

Recent Profile Visitors

1,063 profile views
  1. Todas as responsabilidades a crédito surgem, sejam cartões de crédito, crédito automóvel e habitação etc. Podem consultar todas as vossas responsabilidades aqui, basta entrar com login da Autoridade Tributária.
  2. Tens toda a razão, é mesmo o mais recente, nem sabia.
  3. Boa tarde, Sim, creio que todas estão habilitadas para este exploit. Eu usei o metodo HDD que guarda no disco da PS3 a informação para o exploit, mas cada um escolhe o seu. Atenção que terão de estar na OFW 4.82, mais recente já não dá. Depois disto feito é escolher a CFW, colocar numa Pen com a estrutura correta e fazer update através de armazenamento local.
  4. Não, esse link é para onde o exploit está alojado, nos separadores em cima estão os links para o dumper e o writer necessários. Para fazer isto segui a seguinte thread: Tutorial É um pouco confuso na 1ª vez, mas basicamente fazemos o temos de usar o writer para "crackar" a nor ou nand, depois, teremos verificar se foi bem feito com recurso a um dump e correndo esse mesmo dump num script python. Realço que temos de ter em atenção qual a nossa versão de Ps3, pois, os métodos podem variar ligeiramente.
  5. Em jeito de reanimação desta thread e porque há por ai quem talvez queira hackar a sua velhinha PS3, recomendo investigar o PS3xploit v2. Isto permite desbloquear ps3 phat e slim com OFW 4.82 e sem usar e3 flasher, tem alguns requisitos especificos à versão da Ps3 em questão, mas fiz na minha e já está a rodar a CFW rogero mais recente. Fica o link para os intessados :Ps3xploit
  6. Tato

    Feliz Natal

    Feliz natal nerds!!! Muita saúde e felicidade para todos!
  7. O meu surge pela minha total e completa falta de sensibilidade social, o vulgo "tato" e ainda por ser o meu último nome. Tive sorte de ser presenteado com um nome um pouco peculiar que sempre me facilitou os registos com pequenas variações somente. Acho que no NGF tinha este mesmo nick, mas, já lá vão tantos anos que não posso garantir. Sei que no "Chupa-mos" o nick é igualzinho
  8. A principio fiquei preocupado com o senhor dada a sua idade e tal, mas agora pensando friamente é minha forte convicção que o facto de ele andar na estrada lixou-me a vida, a hesitação dele poderia ter causado uma tragédia maior pois o camião que me seguia felizmente conseguiu evitar o choque comigo.
  9. Não o meu acidente foi de manha, o condutor do carro ainda tinha uns bons 15 metros antes de acabar a via de aceleração mas decidiu parar ali, eu vou tentar debater com os gajos pois na minha maneira de ver o outro condutor colocou em perigo a integridade de quem circulava no local, pois no codigo diz que ele deve avançar sempre até conseguir integrar a faixa de rodagem pretendida e ele quis simplesmente parar ali e esperar que os carros parassem de vir, mas como sabemos na A1 o transito não para e mais, ele parado nunca atinge a velocidade necessária para entrar na auto estrada. para isto acresce o facto de que quem quer sair tem prioridade e ele não a deu , se fossem 5 carros seguidos a sair 5 se espetavam na traseira do dito senhor. Bem vou ter de andar a cabeçada com os gajos não há solução.
  10. Bem não sei se será questão para aqui, mas ontem tive um acidente debaixo do viaduto na saida para coimbrões que por acaso é também uma via de aceleração para entrada na A1, vinha no sentido Norte/Sul e sai a direita para a saida e dou com um senhor idoso completamente parado na via de aceleração e sem transito a sua frente. Parou pois tinha medo de avançar para a A1 dado o transito e o veiculo por trás ultrapassou pois não ia estar ali parado e eu pensando que o gajo tava a andar entrei normalmente, assim que entrei deparo-me com o gajo mas ja foi tarde. A minha questão é esta, o condutor do carro parado naquela entrada/saida não deveria ter usado o resto da via para tentar igualar a velocidade de quem circula na A1? Mais, sendo aquele local de saida a parar não teria de ser antes ou até depois? Conseguem dar-me umas luzes pois está uma situação bicuda mas penso que a razão está do meu lado pois o senhor atestou na declaração que se encontrava efetivamente parado e o seguiu a sua marcha sem danos de maior ao passo que o meu carro ficou parcialmente destruido.
  11. Encontrei isto na net, será que alguém me poderá dar uma "tradução" deste texto que consta de um acordão do tribunal do Porto.... "caso de rescisão do contrato de acesso a redes públicas de comunicações electrónicas por parte do utente, ocorrida durante o período de fidelização, o Decreto-Lei 56/2010, de 1/6, proíbe que o operador de serviços de comunicações electrónicas cobre ao utente indemnização com valor superior ao preço corrente de equipamentos que tal operador tenha fornecido ao utente, preço corrente esse que poderá ser minorado pelo decurso do tempo, em conformidade com indexantes previstos nas três alíneas do nº 2 do art. 2 daquele diploma legal. Se não tiver ocorrido a oferta de equipamentos, ou se foi praticada venda de equipamentos ao preço corrente de mercado, o utente não terá de indemnizar o operador pela rescisão ocorrida durante o período de fidelização."
  12. Obrigado Diogo, vou experimentar isso. Boom já tinha me tinha lembrado do dreamweaver mas não tinha tentado sequer, obrigado pela dica.
  13. Boas, preciso de converter um ficheiro psd para html, este html será usado posteriormente numa newsletter. Já procurei tutoriais mas até ao momento nada surgiu que seja realmente esclarecedor, será que algum de vocês me poderá ajudar? o objectivo é ficar com um template para posteriores newsletter's. Obrigado desde já.
  14. Punk, tenho uma questão relacionada com o cancelamento de serviços de fornecimento de Tv, Internet e Telefone. A situação é que um amigo meu infelizmente e muito devido a esta crise financeira viu-se obrigado a vender a sua casa, não dispondo neste momento de uma residencia fixa procedeu então ao pedido de cancelamento do contrato com a Vodafone, contrato este ainda no periodo de fidelização, mas não tendo como usufruir dos serviços não havia outra hipotese. O que acontece e que neste momento a Vodafone recusa proceder a cancelamento ameaçando com acções executivas e atirando para a mesa a troca do serviço triplay por um de hotspot móvel. Que poderá ser feito nesta situação? Será o rapaz obrigado a pagar o periodo de fidelização? Que passos a tomar neste tipo de situação?
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.