Jump to content

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 11/13/2018 in all areas

  1. 2 points
    Não estou nem sequer próximo de muitos puristas que gastam muitos milhares em equipamento áudio. Não é por aí, acredita. Vou tentar explicar isto da forma mais básica possível. Desculpa se te estou a explicar algo óbvio ou que já sabes, mas assim garanto que percebes a ideia. Um disco de vinyl é uma forma de ouvir música completamente analógica. Muito muito basicamente, uma agulha imprime vibrações num bocado de plástico e essas vibrações são lidas pela agulha no teu gira discos e traduzem-se em música. Para isso funcionar em condições, precisas de várias coisas: Uma velocidade constante de forma a que a música não tenha variações de velocidade audíveis -> Gira discos iguais aos que compraste têm problemas na velocidade; Uma base bem construída de forma a que o disco não oscile e que, de novo, o som não se altere -> Nos gira discos iguais aos que compraste o disco fica metade de fora; Uma agulha decente que não só reproduza o som com qualidade como se mantenha nos grooves sem saltar; Um contra-peso que permita definir qual a pressão que vai ser infligida sobre o disco pela agulha (todas as agulhas têm gramagens diferentes) -> Nos gira discos que compraste isso não é user defined. É uma mola que segura o braço no sítio; Anti skate (explico em baixo o que é) -> O teu não tem; Um output que não altere o som em nenhum aspeto; Um motor que não faça barulho porque o mesmo vai ser apanhado pela agulha e entrar no som que estás a ouvir. Quero deixar bem claro que a grande maioria do que mencionei em cima é notório por qualquer pessoa. Se te puser um gira discos igual ao que compraste e um bom gira discos a tocar o mesmo disco e alternar entre eles, vais facilmente perceber qual é um e outro. E não fica sequer perto. Anti skate é importante porque, basicamente, tu queres que a agulha esteja no centro do groove o máximo possível. E porque, dependendo da zona do disco onde a agulha está no momento, vai existir uma força maior a puxá-la para dentro ou para fora (é simples física). E tu queres que isto aconteça de forma a que seja feita uma reprodução correta do som: Por exemplo, tenho alguns discos na coleção que vieram duma pessoa que, claramente, usava um gira discos com o anti skate mal calibrado. Isso fez com que a agulha colocasse sempre mais pressão dum lado do groove. Resultado, quase todos têm distorção e ruído no canal esquerdo. Por isso, para responder à tua pergunta, sim, um gira discos destes é muito pior do que um decente/bom dos anos 70/80 (que podes arranjar por uma pechincha com paciência) ou do que um novo na casa dos €250+. Quanto ao disco. O que eu quis dizer é que €30 pode nem ser muito. E €30 nem sempre significa boa qualidade. Há edições de editoras que fazem constantemente um bom trabalho que custam sempre mais do que €30 e outras que também são muito boas por menos de €30. Na FNAC há coisas muito boas e coisas muito más. Por exemplo, na secção de jazz, se aproveitar dois ou três discos em 100, é muito. E para perceber se uma determinada edição é boa ou não, só mesmo através de pesquisa e leitura. Aconselho os fóruns Steve Hoffman para isso, por exemplo. Para explicar o processo por que costumo passar: Quero comprar um determinado álbum. Se houver edições que não ultrapassem o meu budget de editoras e/ou masterizadas por um engenheiro que eu sei que vão fazer um bom trabalho, compro esse. Se não, procuro nesse fórum e noutros locais qual a melhor pressing para esse álbum. Depois segue-se meter essa edição em específico na minha Wantlist no Discogs e andar em cima do Marketplace até encontrar uma em condições a um preço que considere justo. Se o que te confundiu foi a minha frase sobre o que gastas em portes, o que eu quis dizer é que, o mesmo álbum na FNAC até pode ser mais caro do que, por exemplo, no Discogs. Mas os €7-12 que pagas de portes (supondo que estás a comprar da UE, senão é ainda mais) cobrem o preço da FNAC.
  2. 1 point
    Não há pai para o @dastinger . Obrigado pelas tuas explicações. Já andei a ouvir 2 ou 3 vezes cada lado do álbum dos Metallica e fiquei muito surpreendido com o gira discos. Claro que deve ser como tu dizes, se metesse este lado a lado com outro de maior qualidade provavelmente notava diferenças, mas assim, pareceu-me bem, mesmo não tendo termo de comparação. É a primeira experiência desde criança que tenho com vinil. Não notei as músicas woobly, o som pareceu-me claro e constante. Visualmente, o vinil abana um pouco (milímetros) para cima e para baixo, não sei se no teu gira discos acontece, mas na música não noto nada. Nota-se algum ruído em partes mais silenciosas ou quando o som está mais baixo, mas não sei até que ponto isso será "normal". Uma diferença desta versão em vinil vs o Spotify, é que os instrumentos parecem-me ser muito mais distinguíveis e audíveis. Até andei a comparar as 2 versões lado a lado e dá para notar bem a diferença. A música One deste álbum, no inicio tem uma parte que usa o left/right channel para fazer um efeito de fading e o gira discos reproduziu essa parte sem problema, deu bem para perceber. Não estou a dizer para toda a gente ir correr a comprar este gira discos, mas para 39€... fiquei bem surpreendido. Overall, sem querer parecer "tesão do mijo" e dizer já que é a magia do Vinil e o caneco, mas que notei uma diferença para audio do Spotify, notei. Este gira discos também tem uma saída jack 3.5 e apesar de não ter os headphones ideais (tenho uns Hyperx da Kingston), dá para perceber que existe um decréscimo na qualidade, mas mesmo assim continua a ser uma melhor experiência que o Spotify por exemplo. Ouvir aquele inicio da One de headphones, sentado num mini sofá que tenho com pouca luz ambiente, foi qualquer coisa... Até arrepios tive . E a melhor coisa no meio disto tudo foi o meu puto vir da sala, aumentar o som e começar a abanar a cabeça! Só isso valeu a pena. A minha ideia também é esta, proporcionar uma experiência musical diferente ao que ele poderá estar habituado nos dias de hoje, dado que até há 4 horas ele nunca tinha visto um gira discos ou um vinil na vida e achou uma piada a isto. A ligação à música num vinil é completamente diferente.
  3. 1 point
  4. 1 point
    Por acaso é, não vou mexer. Sobre a box, desde que alterei o estado do IP ainda não falhou... Espero que continue assim. 😅 Mais uma vez, muito obrigado pela enorme ajuda. 🍻
  5. 1 point
    Exemplo do meu caso que acabei de fazer, já não conseguia jogar o World of Final Fantasy nem o leak do Pokémon Let's Go, por isso fiz update do 5.0.1 para o 6.1.0:
  6. 1 point
    Actualizas a consola sem ser no CFW? Não percebo a pergunta. Se não estiveres abaixo do 4.0.0 não há razão para não estares na última versão. No meu caso que tenho a consola super banned (não sei se já tinha dito), nem isso consigo fazer nos servers da Nintendo. Tenho que instalar os firmwares pelo ChoidujourNX. Também podes usar o ChoidujourNX para actualizares sem fazer burn aos fuses, por isso tecnicamente depois consegues fazer downgrade. Não sei se isso realmente funciona, nem conheço quem tenha testado.
  7. 1 point
    Antes de mais , muito obrigado pela ajuda. Tentei, e acho que segui os passos todos correctamente. Depois na box, mudei de DHCP para estático. Inicialmente não resultou,continuava a aparecer o erro : "o wifi não tem acesso á internet". Depois desliguei a box e continuou. Por ultimo fiz esquecer rede e liguei de novo e agora está a funcionar...agora vou esperar para ver se o "erro" volta a aparecer ou se ficou resolvido.
  8. 1 point
    Isso é um mal geral devido ao update para Oreo, enquanto não arrajarem fix, a melhor hipotese que tens seria de estabelecer um IP fixo a box pelo MAC address no teu router e meter esse mesmo IP em modo manual na box e não em Auto por DHCP. Edit, poderas eventualmente calhar com pessoal a dizer para fazeres update manual em recovery mode, mas não convem fazer, reports que ficou bricked não faltam, mais vale uma box com falhas do que um tijolo.
  9. 1 point
    @Ilusi0n Desculpa a honestidade, mas esse disco de €30 dos Metallica não só vai soar mal como estarás a infligir dano ao tocá-lo num gira discos desse género. Não quero mesmo mesmo ser mal interpretado nem parecer daqueles snobs que dizem mal de tudo, mas acredita que esses gira discos mais valia não existirem. Faz, pelo menos uma coisa, já que não há muito mais a fazer (a não ser que o devolvas). Troca a agulha de cerâmica (estou a supor que é com uma agulha de cerâmica que ele vem) por uma de diamante. São baratas no eBay por exemplo, tem só a certeza que é compatível. É a única coisa que podes fazer para garantir que isso soa melhorzinho. Also, se houver partes em que o disco salte ou produza um som wobbly, não é defeito do disco, mas sim do gira discos. Comprar discos vai sempre ser relativamente caro. O que costumas gastar a mais em lojas como a FNAC, gastas em portes quando encomendas online. Para além disso, o valor do disco dependerá muito da qualidade de produção do mesmo (masterização e pressing essencialmente). No entanto, há sempre bons deals seja na Amazon ou andar em cima disso no Discogs. Vais é perceber que existem dezenas de edições para cada álbum e que existe um trabalho por trás para descobrir quais as melhores edições e/ou as que têm melhor relação qualidade/preço. No entanto, a não ser que estejas a pensar fazer um upgrade no futuro, com um gira discos desses, qualquer diferença de som não vai ser notória e estares a gastar muito dinheiro em álbuns para não usufruir deles nem ficarem nas melhores condições, não sei se será o que queres. EDIT: Eu sei que nem todos estão dispostos a gastar muito dinheiro nisto, mas se já tiveres um amplificador com phono pre-amp e colunas, estamos a falar dum investimento de €100/150 para ter algo imensamente superior ao que compraste. Isso são 3-5 álbuns do Metallica como o que compraste hoje. Also, ainda em relação a sítios para comprar discos. O eBay também é solução mas, tal como no Discogs, tens de aprender primeiro a forma oficial de avaliar a condição em que um disco está. Podes começar por aqui: https://support.discogs.com/hc/en-us/articles/360001566193
  10. 1 point
    Começam todos assim, lol Depois quando o guito começar a chegar, é que a verdade vem ao de cima...
This leaderboard is set to Lisbon/GMT+01:00
  • Newsletter

    Want to keep up to date with all our latest news and information?

    Sign Up
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.